quarta-feira, 31 de março de 2021

Vettel assume dificuldade para se adaptar ao carro da Aston Martin

 Mesmo de casa nova, os problemas de sempre ainda parecem perseguir Sebastian Vettel. O alemão teve uma estreia para esquecer na Aston Martin no GP do Bahrein, neste domingo, do qual saiu com duas punições e um 15º lugar, à frente apenas do estreante Mick Schumacher. O tetracampeão lamentou o fim de semana desastroso e não escondeu que vem tendo dificuldades para se acostumar com o novo carro.

Sebastian Vettel, da Aston Martin, conversa com engenheiro no GP do Bahrein da F1 2021 — Foto: Hasan Bratic/picture alliance via Getty Images

Sebastian Vettel, da Aston Martin, conversa com engenheiro no GP do Bahrein da F1 2021 — Foto: Hasan Bratic/picture alliance via Getty Images

- Não me sinto em casa com o carro. Há um monte de coisas que estão lutando contra mim e eu não consigo me concentrar em pilotar. Eu me adapto a como ele quer ser dirigido, mas há coisas que aumentam a inconsistência, quebram o ritmo e tornam muito difícil sentir o carro e o que preciso fazer para pilotar rápido - desabafou Vettel.

Classificado em 18º no sábado, Vettel foi punido com cinco posições no grid de largada por não respeitar as bandeiras amarelas na sessão. No início da corrida, ganhou seis posições e chegou a figurar no sexto lugar.

No entanto, o que parecia ser o início de uma prova de recuperação do piloto foi prejudicado por uma estratégia ineficaz de uma parada, com pneus duros.

Sebastian Vettel no GP do Bahrein de F1, em 2021 — Foto: Bryn Lennon/Getty Images

Sebastian Vettel no GP do Bahrein de F1, em 2021 — Foto: Bryn Lennon/Getty Images

Nova punição acende alerta

Além de sofrer com o desgaste dos pneus, Vettel acertou em cheio a traseira de Esteban Ocon, da Alpine, na 43ª volta, fazendo com que os dois carros rodassem na pista. No momento da batida, o alemão reclamou do francês pelo rádio, mas após a prova, admitiu o erro:

- Achei que ele manteria a trajetória, mas quando ele voltou para a esquerda, apareceu bem na minha frente e eu travei, então, foi erro meu. Falei com ele e acho que concordamos nisso, então, não há muito o que falar. Sinto por termos tido um fim de semana tão ruim porque sei quanta preparação é necessária antes da primeira corrida.

Vettel foi punido com o acréscimo de 10s no tempo final e cinco pontos na superlicença. Ocon, que terminou a corrida em 13º, disse que o tetracampeão não lhe contou sobre os comentários no rádio, mas garantiu que a questão foi resolvida.

- Eu revi o acidente e ele não me contou sobre o comentário no rádio. Ele veio e se desculpou, e foi punido por isso, então está tudo bem. Se estivéssemos lutando por pontos no momento, eu teria ficado mais chateado, claro. O incidente nos fez perder algumas posições, mas brigar tão perto é assim - declarou o francês.

Estratégia falhou

Largando com pneus médios, Vettel foi o último a parar em uma pista que deu trabalho para a conservação dos compostos. Com pneus duros a partir do 28º giro, o tetracampeão chegou a recuperar algumas posições, mas sofreu para tirar desempenho do conjunto com o qual fez o stint mais longo da prova, com 31 voltas.

- Tínhamos que tentar algo, então decidimos esperar mais e tentar apenas uma parada, o que não parecia tão ruim. Mas o desgaste dos pneus foi muito grande. Se soubéssemos, provavelmente faríamos diferente. Não foi o fim de semana que estávamos esperando, mas vimos coisas que precisamos resolver e veremos o quão rápido podemos consertá-las - concluiu Vettel.

Vettel se desculpa com Ocon por acidente no GP do Bahrein — Foto: Reprodução

Vettel se desculpa com Ocon por acidente no GP do Bahrein — Foto: Reprodução

A Fórmula 1 encara agora um intervalo de três semanas até a próxima etapa do calendário, o GP da Emilia-Romagna, que será realizado em 18 de abril em Imola.


Fonte:ge

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados