segunda-feira, 29 de março de 2021

Pantanal: Globo registra nome Juma Marruá no INPI para garantir exclusividade

 Juma Marruá

O nome Juma Marruá é registrado pela Globo no INPI para uso exclusivo (Imagem: Reprodução / Instagram)

No final do ano passado, a Globo tomou a decisão de registrar o nome Juma Marruá no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial, na classificação do uso do termo para brinquedos, jogos e bonecas. A informação é da colunista Carla Bittencourt.

Essa decisão impede que o nome da protagonista de Pantanal, que deve ser interpretada por Alanis Guillen, seja utilizado por qualquer outra empresa. O mesmo aconteceu com o nome Filho do Amor, que foi registrado na categoria de notícias, jornalismo e reportagem. Na época, foi mandado até o esboço de uma logo para registro do órgão.

Cabe lembrar que o remake, que tinha previsão de estreia para outubro deste ano, foi adiado para 2022. A Globo atrasou pela segunda vez o seu cronograma de novelas, em razão da pandemia do novo coronavírus.

A produção de Pantanal não será paralisada. O início das gravações, previsto para abril, foi adiado para o segundo semestre. Enquanto isso, a emissora vai focar na finalização do elenco, fazendo testes online com atores do Rio de Janeiro e São Paulo.

Nessa nova versão, José Leôncio será vivido por Marcos Palmeira. Na original, o papel era de Claudio Marzo. Palmeira estava na novela como Tadeu, filho do protagonista. Agora, o papel caberá a José Loreto.

Jove (Joventino), o mocinho vivido por Marcos Winter em 1990, pode ser interpretado por Jesuita BarbosaDira Paes será um dos destaques da história como Filó. Antes, o papel foi interpretado por Jussara Freire.

Osmar Prado vai interpretar o personagem Velho do Rio, que foi recusado por Antonio Fagundes. Inclusive, o veterano já está se preparando para o remake, deixando os cabelos e barba crescerem. Na versão original, exibida pela Manchete, o papel foi de responsabilidade de Claudio Marzo.

Osmar não participará de nenhuma outra produção da Globo até que as gravações da novela sejam iniciadas, para preservar sua caracterização.

Nos anos 90, a trama de Benedito Ruy Barbosa foi recusada pela Globo e, após acolhida pela Manchete, virou um dos grandes sucessos do Brasil.

Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados