quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Triturando deixa de competir com a Record e passa a temer a Band

 Duh Secco

Triturando
Chris Flores no comando do Triturando desta terça-feira (26); programa do SBT derrapa na audiência (Imagem: Reprodução / SBT)

Em meio ao disse-me-disse sobre mudanças na faixa matutina, o SBT segue padecendo no período vespertino. Nesta terça-feira (26), o Triturando, que antes brigava pela vice-liderança com a Record, se viu incomodado pela Band. Os dados de audiência são referentes a Grande São Paulo.

No ar das 15h17 às 16h33, o Triturando acumulou 3,5 pontos, 4,3 de pico e 7,5% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 5,9 para a Record e 2,8 da Band – 2,4 pontos de vantagem para a segunda colocada e apenas 0,7 acima da quarta.

O programa de Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano debateu pautas como “o que você prefere: cabeleireira ou manicure?”, “quem é mais bonito: Kadu Moliterno ou Mateus Carrieri?”, “adultos que se comportam como crianças” e “roer as unhas”.

Mais cedo, o Primeiro Impacto foi vice-líder com 3,8 de média. O Bom Dia e Cia fechou em terceiro lugar tanto com o primeiro, quanto com o segundo bloco (3,9 x 5,2). Depois do Triturando, o Casos de Família amargou a quarta posição: 4,4 pontos contra 17,4 da Globo, 5,3 para a Band e 5 da Record.

Além da atração de Christina Rocha, Triunfo do Amor também ficou atrás das três principais concorrentes: 5,7 de média versus 19,8 da Globo, 7 da Record e 6,2 da Band. Coube a Quando me Apaixono, que se aproxima dos últimos capítulos, recobrar a terceira colocação, amealhando 6,5.

Na mesma posição, SBT Brasil (5,5), Roda a Roda Jequiti (6,7), Chiquititas (6) e Programa do Ratinho (5,7). A vice-liderança foi retomada com Pânico no Lago – Projeto Anaconda (2015) em Cine Espetacular (6). Em seguida, 2,9 do The Noite com Danilo Gentili e 2,5 para Operação Mesquita.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados