terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Governo dos EUA recorre de ordem que suspende restrições ao TikTok


Popular rede social TikTok sofre pressão nos EUA — Foto: Getty via BBC

Popular rede social TikTok sofre pressão nos EUA — Foto: Getty via BBC

O governo dos Estados Unidos recorreu nesta segunda-feira (28) da ordem de um juiz que impede restrições ao aplicativo chinês TikTok, informou a agência Reuters.

A apelação do Departamento de Justiça tenta reverter a decisão do juiz distrital Carl Nichols, de Washington.

A ação de Nichols veio depois de a juíza Wendy Beetlestone, da Pensilvânia, bloquear as restrições contra o app chinês programadas para 12 de novembro passado. Nesse caso, o governo norte-americano também recorreu.

'Novela' do TikTok

Desde agosto, o governo de Donald Trump tenta impor barreiras ao app da ByteDance. O presidente chegou a estipular uma data para que o TikTok fosse vendido nos EUA, mas o prazo foi adiado por diversas vezes.

O presidente norte-americano acusa a rede social de compartilhar dados de 100 milhões de usuários americanos com o governo chinês; algo que é negado pela ByteDance.

Um primeiro prazo para a venda de parte do aplicativo a empresas locais venceu em agosto. Apesar de, naquele mês, a proprietária do app ter divulgado a intenção de negociar com a Oracle, nada se concretizou até agora.

Trump chegou a acenar positivamente para a proposta, mas o negócio segue à espera do aval do governo americano e envolveria também a gigante do varejo Walmart.


Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados