quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Depois de perder pênalti e de expulsão infantil, Vasco vence Caracas e fica com a vantagem

 Em uma noite em que parecia tudo dar errado, o Vasco venceu por 1 a 0 o Caracas nesta quarta-feira, em São Januário, no jogo de ida entre os times pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Promessa no ano passado e relegado para o fim da fila em 2020, Tiago Reis fez o gol da vitória. Triunfo importantíssimo que interrompeu jejum de nove jogos.

.

O Vasco perdeu pênalti, teve jogador expulso infantilmente, mas saiu vitorioso merecidamente. Ficou o tempo todo no campo do adversário e, de tanto martelar, conquistou o triunfo aos 42 minutos da etapa final.

Tiago reis Vasco x Caracas

Tiago reis Vasco x Caracas (Foto: reuters)

  • Primeiro tempo: Vasco em cima, mas sem ser perigoso

    O Vasco sobrou na posse de bola no primeiro tempo, mas foi pouquíssimo incisivo. Os dois goleiros pouco trabalharam na etapa, e só Ribamar teve ótima chance. Livre, porém, ele cabeceou por cima do gol de Velásquez um excelente cruzamento de Léo Gil.

    .

    Embora não tenha saído do campo de defesa do adversário, o time de Ricardo Sá Pinto não fez um bom primeiro tempo, principalmente atrapalhado pelos muitos erros do meio-campo, sobretudo de Léo Gil, que caiu demais após a ótima oportunidade que concedeu a Ribamar.

  • Segundo tempo: tudo parecia perdido, mas Tiago Reis salva

    Após o intervalo, a tônica da partida seria a mesma, com um Caracas levemente menos tímido, mas nada que assustasse Fernando Miguel. E os venezuelanos resolveram ajudar aos 13 minutos. Casiani fez pênalti infantil em Henrique. Carlinhos, porém, não estava na mesma sintonia e bateu pessimamente. Recuou para Velásquez, que defendeu.

    .

    Depois disso, o Vasco perdeu todo seu ímpeto. Sentiu de verdade o pênalti desperdiçado, e tudo levava a crer que não marcaria. O adversário, aliás, teve duas faltas frontais concedidas por Castan e Miranda. Para completar, Catatau ficou menos de 11 minutos em campo. Afobado, enfileirou faltas e acabou expulso ao receber o segundo amarelo em falta grosseira. Deixou o braço no rosto do rival.

    .

    A partida se encaminhava para o 0 a 0 quando Tiago Reis, que não marcava desde 7 de junho do ano passado (vitória por 2 a 1 sobre o Inter), entrou em campo e mudou tudo. Foi colocado por Sá Pinto aos 39 minutos e marcou aos 42. Belo gol, aliás. Andrey esticou, Parede explorou o corredor e cruzou para o centroavante guardar.

    .

    No fim, Tiago ainda segurou a bola na ponta direita e criou a última jogada ofensiva com lindo drible em Notaroberto. Talles, porém, finalizou para fora.

  • PANORAMA

    Vasco e Caracas se reencontram na próxima quarta-feira na capital venezuelana. Se marcarem gols no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela, os cariocas podem até perder por um gol de diferença que saem com a classificação. O empate, obviamente, também é do Vasco. Se o Caracas vencer por 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.

  • Fonte:ge









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados