sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Comentário de Bolsonaro provoca reação de William Bonner no JN

 Paulo Carvalho

William Bonner
William Bonner não esconde reação após fala de Bolsonaro (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

JN da última quinta-feira (29) contou com a repercussão da fala homofóbica do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o povo maranhense. O comentário do “capitão” provocou a reação inesperada de William Bonner, que não escondeu o seu descontentamento pela atitude do político.

A declaração de Bolsonaro foi feita quando ele tomou um guaraná cor de rosa durante sua passagem por um mercado popular. “Agora virei boiola igual a maranhense, é isso?”, questionou o presidente, aos risos. “Olha, o guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, ó! Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense, hein? Guaraná cor-de-rosa do Maranhão… Que boiolagem isso aqui”, disparou.

Após o momento constrangedor exibido na íntegra, William e Renata Vasconcellos anunciaram que autoridades e membros da sociedade repudiaram a “piada”. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), disse que vai processar o Chefe do Executivo. “Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro e fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais”, reclamou.


“Os deputados do Maranhão Rubens Pereira Junior e Márcio Jerry, os dois do PC do B, e Bira do Pindaré, do PSB, repudiaram o desrespeito aos maranhenses e o que classificaram de postura homofóbica do presidente”, destacou Renata.


“Parlamentares de outros estados também criticaram a declaração do presidente Jair Bolsonaro. O senador Humberto Costa, do PT de Pernambuco, disse que o presidente disparou seu ódio contra gays, nordestinos e maranhenses, como se fosse uma brincadeira”, continuou Bonner.

“O deputado Ivan Valente, do PSOL de São Paulo, disse que Bolsonaro foi ao Maranhão espalhar homofobia. O partido declarou que também vai processar o presidente”, informou a jornalista. “O PDT no Senado ressaltou que a piada tem teor preconceituoso”, encerrou o âncora e editor-chefe.

Confira:

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados