segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Chefe da agência de modelos Elite é investigado por suposto estupro

 Promotores franceses abriram uma investigação contra Gerald Marie de Castellac, ex-marido da supermodelo Linda Evangelista, após acusações de estupro e agressão sexual de quatro mulheres, incluindo uma ex-repórter da BBC.

O chefe de uma das maiores agências de modelos teria cometido os crimes enquanto trabalhava para a Elite e outras agências de Paris.

Segundo a promotoria, o homem de 70 anos é acusado de estuprar três modelos com idades entre 17 e 20 anos nas décadas de 1980 e 1990. Carre Otis, agora com 51, Ebba Karlsson, 51, e Jill Dodd, 60, disseram que entraram com a queixa para tentar encorajar outras pessoas a testemunhar contra Castellac, que dirige a Oui Management.

Lisa Brinkworth, uma ex-jornalista da BBC de 53 anos, afirma que ele a agrediu sexualmente em 1998 enquanto ela trabalhava disfarçada para expor crimes sexuais na indústria da moda.

Esses crimes são puníveis com até 15 anos de prisão, mas o prazo prescricional é de 20 anos, portanto, a maioria dos crimes alegados será extemporânea. No caso de sexo com menor, esta punição pode ser aumentada para 30 anos e isso abre a possibilidade de que Castellac, que nega veementemente qualquer delito, possa ir para o tribunal.

Anne-Claire Le Jeune, advogada das mulheres, disse: 'Só posso saudar esta decisão que, tendo em conta os elementos fornecidos pelas várias vítimas, foi essencial.

“Esta investigação permitirá, espero, que outros tenham a coragem de falar. É um primeiro passo encorajador e um alívio para as vítimas. '

Revelações explosivas

Otis, que é americana, se manifestou contra Marie em 2011, em um livro de memórias explosivo.

A ex-esposa do ator Mickey Rourke começou na Elite em Paris quando tinha 17 anos e agora diz que quer expor 'atos intoleráveis ​​de homens no poder que parecem ser capazes de agir com toda impunidade'. Em seu livro, ela descreveu amizade com o Castellac, que estava então noivo de Linda Evangelista, e alugou um quarto em sua casa em Paris.

Depois de supostamente encontrarem o estoque de cocaína de Castellac no banheiro, os dois desenvolveram um vínculo 'impróprio para a idade' enquanto cheiravam a droga proibida.

Não há nenhuma menção de que a Linda Evangelista conhecesse as acusações contra o Sr. Marie.


Fonte:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados