domingo, 30 de agosto de 2020

Bahia aproveita falha de Weverton e empata com o Palmeiras nos acréscimos

O Bahia insistiu até os 49 minutos do segundo tempo para alcançar o empate contra o Palmeiras, por 1 a 1, na noite deste sábado, no Pituaçu, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Marco Antônio aproveitou falha do goleiro Weverton, que saiu mal do gol, e garantiu a igualdade – depois de Zé Rafael abrir o placar para o time visitante. O lance tirou do Palmeiras a vice-liderança do campeonato e impediu que a equipe de Vanderlei Luxemburgo chegasse a três vitórias seguidas.
Melhores momentos: Bahia 1 x 1 Palmeiras pela 6ª rodada do Brasileirão 2020
Melhores momentos: Bahia 1 x 1 Palmeiras pela 6ª rodada do Brasileirão 2020
Na tabela
Com o resultado, o Palmeiras chegou a nove pontos, na sexta colocação do Brasileirão. O Bahia está pertinho: com oito, é o sétimo. As duas equipes podem perder posições neste domingo.
Patrick de Paula em ação pelo Palmeiras contra o Bahia
Patrick de Paula em ação pelo Palmeiras contra o Bahia (Foto: TIAGO CALDAS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Próximos jogos
As duas equipes têm jogos duros no meio de semana, ambos na quarta-feira. Às 20h30, o Bahia recebe o Flamengo, novamente no Pituaçu. Às 21h30, em sua arena, o Palmeiras enfrenta o Inter, líder do campeonato.
Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, conversa com Diogo Barbosa
Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, conversa com Diogo Barbosa (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)
Primeiro tempo
O Bahia começou o jogo um pouco mais agressivo do que o Palmeiras. Os donos da casa rondaram a área adversária nos primeiros movimentos da partida e chegaram a ameaçar em boa chegada de Rodriguinho. Aos poucos, os visitantes foram crescendo. Os meias alviverdes apareceram mais e começaram a levar o time ao ataque – o que resultou em algumas situações em chutes de fora da área, embora nenhuma delas com grande perigo. A mais interessante foi com Willian, em uma tentativa de voleio que passou sobre o gol do Bahia. Gilberto respondeu com bom chute da entrada da área, mas a bola desviou na zaga e saiu. Depois, Rossi e Rodriguinho voltaram a tentar, novamente sem sucesso.
Bahia x Palmeiras
Bahia x Palmeiras (Foto: JHONY PINHO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Segundo tempo
A exemplo da etapa inicial, o Bahia voltou mais ofensivo na largada do segundo tempo. E logo chegou ao gol – mas não valeu. Rossi estava impedido no cruzamento que resultou em ótimo cabeceio de Gilberto. O Palmeiras, passado o susto, passou a buscar o ataque. Rony teve duas investidas sequenciais: quase encontrou Lucas Lima em condições de marcar e, um minuto depois, não conseguiu acionar ninguém na área. Vanderlei Luxemburgo, com uma troca tripla, tentou melhorar o time: entraram Luiz Adriano (que não começou por desgaste), Ramires e Wesley, saíram Willian, Bruno Henrique e Rony. Depois, ainda colocou Gustavo Scarpa e Zé Rafael nas vagas de Lucas Lima e Gabriel Menino. E essas resultariam em gol. Aos 31 minutos, Luiz Adriano acionou Scarpa na direita, e ele cruzou para Zé Rafael completar: 1 a 0 para o Palmeiras. O Bahia, com mudança na dupla de ataque (Saldanha e Ronaldo nos lugares de Gilberto e Rossi), ensaiou uma pressão e chegou ao empate em um erro de cálculo do goleiro Weverton, que saiu do gol, afastou mal e viu Marco Antônio empurrar para o gol.
Weverton durante a partida contra o Bahia, neste sábado, em Salvador
Weverton durante a partida contra o Bahia, neste sábado, em Salvador (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)
Corneta
Lucas Lima ficou na bronca com uma entrada de Nino Paraíba ainda no primeiro tempo. E o lance repercutiu entre quem não estava em campo. Felipe Melo, em recuperação de lesão, perguntou o que teria acontecido se ele tivesse dado uma entrada como aquela.
Postagem de Felipe Melo
Postagem de Felipe Melo (Foto: reprodução)


Fonte:ge
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados