quinta-feira, 2 de julho de 2020

Maior buraco negro do Universo tem 34 bilhões de vezes a massa do Sol

Maior buraco negro do Universo tem 34 bilhões de vezes a massa do Sol (Foto: Nima Abkenar/The Australian National University )


Uma análise da Universidade Nacional da Austrália revelou o quão massivo é o buraco negro J2157, objeto do tipo que mais cresce no Universo. Segundo o estudo compartilhado no fim de junho na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society , o fenômeno tem 34 bilhões de vezes a massa do nosso Sol — e "devora" o equivalente à nossa estrela todos os dias.

"A massa do buraco negro é cerca de 8 mil vezes maior que o buraco negro no centro da Via Láctea", disse o pesquisador Christopher Onken, coautor do estudo, em comunicado. "Se o buraco negro da Via Láctea quisesse chegar nesse tamanho, teria que 'engolir' dois terços de todas as estrelas da nossa galáxia."

Estima-se que o buraco negro surgiu quando o Universo tinha apenas 1,2 bilhão de anos, o que é menos de 10% de sua idade atual (cerca de 13,8 bilhões de anos). Contudo, ainda é um mistério como um corpo cósmico tão massivo pode ter se originado tão pouco tempo após o Big Bang, e é justamente por isso que os astrônomos planejam continuar estudando o fenômeno.
Os astrônomos utilizaram o Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile, para medir com precisão a massa do fenômeno. De acordo com os cientistas, a quantidade de massa que um buraco negro pode "devorar" depende do tamanho que ele já tem.
"Com um buraco negro tão grande, também estamos animados em ver o que podemos aprender sobre a galáxia em que ele está crescendo", observou Onken. "Essa galáxia é um dos gigantes do Universo primitivo ou o buraco negro acabou de engolir uma quantidade extraordinária de seu entorno? Vamos ter que continuar estudando para descobrir."

Fonte:Revista Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados