terça-feira, 30 de junho de 2020

Nicolas Prattes surge com barriga trincada ao lado da namorada e faz declaração

Nicolas Prattes
Nicolas Prattes mostrou o seu corpão e ainda se declarou para amada (Imagem: Divulgação/TV Globo)
Nicolas Prattes mostrou que está cada vez mais apaixonado pela namorada, Bruna Blaschek, e fez questão de posar em um clique raro com ela. O casal fez selfie coladinho e postou no Instagram, nesta segunda-feira (29).
Na postagem, o ator foi só amor em declaração para Bruna, mas também chamou a atenção dos seguidores por outro motivo: o seu corpo sarado. “Eu te amo“, escreveu o galã da Globo na legenda.
O clique encheu a caixa de comentários de elogios ao dois. “Lindos. E que corpo, hein?”, disse uma internauta. “Que isso gente, o amor está no ar”, comentou outro. “Perfeitos”, afirmou um terceiro.
“Lindos demais”, elogiou outro admirador de Nicolas Prattaes. “Tem cada gente perfeita no mundo”, brincou mais um internauta na rede social.
No mês passado, cabe lembrar, Nicolas Prattes completou 23 anos. Na ocasião, a namorada dele se declarou em postagem no Instagram. “Nicolas me faz gargalhar nas horas mais improváveis e me faz sorrir nos dias mais difíceis. Ele me faz acreditar que tudo é possível com determinação“, postou Bruna.
Confira:
 Fonte:RD1

Campanha de boicote à publicidade no Facebook será global, dizem organizadores

Logomarca do Facebook — Foto: Dado Ruvic/Reuters/Arquivo
Logomarca do Facebook — Foto: Dado Ruvic/Reuters/Arquivo


Os organizadores de uma campanha de boicote à publicidade no Facebook, que vem conseguindo apoio de um número crescente de grandes empresas, agora estão se preparando para expandir a ação globalmente de forma a aumentar a pressão sobre a empresa de mídia social para que remova discursos de ódio.

A campanha "Stop Hate for Profit" começará a pedir às grandes empresas da Europa que se juntem ao boicote, disse Jim Steyer, executivo-chefe da Common Sense Media, em entrevista à Reuters no último sábado (27).
Desde que a campanha foi lançada neste mês, mais de 160 empresas, incluindo a Verizon e a Unilever, firmaram compromisso para parar de comprar anúncios na maior plataforma de mídia social do mundo em julho.
Respondendo às demandas por mais ação, o Facebook reconheceu neste domingo que tem muito a fazer e está se unindo a grupos de direitos civis e especialistas para desenvolver mais ferramentas para combater o discurso de ódio. A empresa afirmou que seus investimentos em inteligência artificial já o permitem encontrar 90% do discurso de ódio antes que os usuários denunciem.

Próximos passos

A Free Press e a Common Sense, juntamente com os grupos de direitos civis dos EUA Color of Change e a Liga Antidifamação, lançaram a campanha após a morte de George Floyd, o homem negro desarmado que foi assassinado pela polícia de Minneapolis.
"A próxima fronteira é a pressão global", disse Steyer, acrescentando que a campanha espera encorajar os reguladores da Europa a adotar uma postura mais rígida diante do Facebook.
A Comissão Europeia anunciou neste mês novas diretrizes para as empresas de tecnologia, incluindo o Facebook, para que enviem relatórios mensais sobre como estão lidando com o fluxo de desinformação a respeito do coronavírus.
A campanha global continuará à medida que os organizadores seguirem pedindo que mais empresas dos EUA participem. Jessica Gonzalez, co-diretora executiva da Free Press, disse que entrou em contato com as principais empresas de telecomunicações e mídia dos EUA para pedir adesão.


Fonte:G1 e Reuters

Samurai Sentai Shinkenger-Episódio 3-Ato 3-Provando a Capacidade(Legendado)

Samurai Sentai Shinkenger (侍戦隊シンケンジャー, Samurai Sentai Shinkenjā?, traduzido como Esquadrão Samurai Shinkenger) é a 33º série da franquia Super Sentai[2] que ficou no ar entre 15 de fevereiro de 2009 e 7 de fevereiro de 2010, totalizando 49 episódios. Foi produzida pela Toei Company, e exibida pela TV Asahi no bloco Super Hero Time[3] junto com Kamen Rider Decade e, posteriormente, com Kamen Rider W.

Em 2011 e 2012, o seriado foi adaptado para as duas temporadas de Power Rangers: Samurai, produzido pela Saban Brands.

Foi o primeiro Super Sentai a não ser exibido na Coreia do Sul desde Bakuryuu Sentai Abaranger, sendo substituído por Power Rangers Jungle Force (o nome adotado de Hyakujuu Sentai Gaoranger no país).

História
Há muitos anos, houve uma batalha entre os demônios samurais chamados de Gedoushuu e cinco samurais (um lorde e seus vassalos). Ao final, os cinco samurais do bem conseguiram selar os demônios no Rio Sanzu, através da energia chamada de "Mojikara", prevenindo que os monstros voltassem a invadir o mundo terrestre. Na atualidade, o líder dos Gedoushuu, Doukoku, resolve quebrar o selo e envia Akayashis (monstros malignos) para inundar o mundo dos humanos, para que o barco em que os generais Gedoushuu vivem possa navegar livremente pela Terra. Porém, Takeru Shiba, o 18º descendente do clã Shiba, família de Samurais que luta contra os Gedoushuu há muitos anos, recruta os quatro vassalos descendentes das famílias que serviram a sua no passado. Agora, Takeru, juntamente com seus vassalos Ryuunosuke, Mako, Chiaki e Kotoha, precisam impedir que os Gedoushuu invadam a Terra e dominem-a.


Nome da Série:Samurai Sentai Shinkenger
Formato:Série
Gênero:Tokusatsu/Ação
Duração:24-25 minutos
Criador:Toei Company
País:Japão
Canal:TV Asahi(Japão)

Zeca Camargo despista sobre conversas com a Band e fala sobre futuro

Zeca Camargo
Zeca Camargo desconversa sobre futuro na televisão, após deixar a Globo (Imagem: Divulgação/ Globo)
Desde que foi anunciada a sua demissão da Globo, Zeca Camargo é um nome cotado por algumas emissoras da TV aberta. Entretanto, os rumores mais fortes dão conta de uma possível negociação entre ele e a Band, para que ele possa fazer uma parceria com Mariana Godoy.
O apresentador, então, quebrou o silêncio sobre o assunto e falou a respeito do seu futuro, após a saída da emissora carioca. Em entrevista para Luciana Liviero, em seu canal do Youtube, no último domingo (28), ele despistou sobre o assunto.
“Estão falando de Record, estão falando de Band, você pode adiantar alguma coisa pra gente?”, questionou a profissional na gravação.
Sem pensar muito, Zeca Camargo disparou: “A única coisa que não estão falando é que eu tenho contrato com a Rede Globo até dia 30 de junho. Eu ainda estou trabalhando”.
O famoso ainda esclareceu ainda que não há outros convites à vista, por enquanto, e desabafou: “É pura especulação. Ainda estou contratado pela TV Globo até semana que vem, pelo menos. Aí sim, depois eu posso ver os projetos e convites, mas não entrei nisso agora”.
O apresentador confessou que gostaria de conhecer outros lugares. “Você não sabe como eu queria viajar, mas o próprio Covid não deixa a gente fazer esse projeto, então vamos ver”, finalizou.
Confira:

Fonte:RD1

Por que gigantes como Starbucks, Coca-Cola, Unilever e Diageo suspenderam publicidade nas redes sociais

Facebook — Foto: Jon Nazca/Reuters/Arquivo
Facebook — Foto: Jon Nazca/Reuters/Arquivo
Gigantes como Starbucks, Coca-Cola, Diageo e Unilever anunciaram que pretendem suspender suas propagandas em algumas plataformas de mídia social como protesto contra a falta de ação contra "discurso de ódio" nessas redes.
"Nós acreditamos em unir as comunidades, tanto pessoalmente como online", afirma a Starbucks em um comunicado. A empresa disse que pretende continuar publicando material nas redes sociais, mas sem promovê-lo de forma paga.
A marca disse que pretende "manter discussões internamente e com seus parceiros de mídia e organizações de direitos civis para pôr fim à disseminação do discurso de ódio".
Outras multinacionais já haviam anunciado medidas semelhantes recentemente. A Coca-Cola vem pedindo "maior responsabilização" das empresas de mídia social.
A Coca-Cola anunciou que vai interromper sua publicidade em todas as plataformas de mídia social em todo o mundo. Já a Unilever, dona de diversas marcas de comida e higiene, disse que reduzirá pela metade sua publicidade no Twitter, Facebook e Instagram até "pelo menos" o resto de 2020.
Os anúncios das empresas foram feitos depois de o Facebook ter tomado a polêmica decisão de moderar o conteúdo postado na sua plataforma. Muitos acreditam que a medida é insuficiente para combater a disseminação dos discursos de ódio na rede.
Na sexta-feira, o Facebook anunciou que começaria a rotular publicações com potencial de causar dano ou desinformação.
O fundador da empresa, Mark Zuckerberg, também disse que vai proibir anúncios que digam que "pessoas de raças, etnias, nacionalidades, religiões, castas, orientações sexuais, identidades sexuais ou status de imigração específicos" são uma ameaça aos demais.
Os organizadores da campanha #StopHateforProfit (Dê um Basta no Ódio por Lucro), que vem acusando o Facebook de não agir contra discursos de ódio e desinformação, disseram que "uma pequena quantidade de pequenas mudanças" não vai "nem causar um arranhão no problema".
Mais de 150 empresas já se juntaram à campanha #StopHateforProfit até agora. A Starbucks e a Coca-Cola disseram que, apesar de suspender propaganda em redes, não estavam aderindo oficialmente à campanha.
Mark Zuckerberg, presidente do Facebook — Foto: Mark Lennihan/AP Photo
Mark Zuckerberg, presidente do Facebook — Foto: Mark Lennihan/AP Photo
A campanha pede que Zuckerberg crie uma infraestrutura permanente de direitos civis dentro do Facebook, submeta conteúdo a auditorias independentes, procure e remova grupos públicos e privados que publicam conteúdos de ódio e desinformação e crie equipes especializadas em revisão de reclamações.
Um dos organizadores da campanha disse à agência de notícias Reuters que empresas europeias também serão convidadas a participar do boicote.
"A próxima fronteira é a pressão global", disse Jim Steyer, executivo da organização sem fins lucrativos Common Sense Media. Ele também quer que órgãos de regulação da Europa tomem medidas contra as empresas de mídia social.
Em junho, a Comissão Europeia anunciou novas medidas, obrigando empresas a enviar relatórios mensais sobre como estão lidando com a desinformação em torno do coronavírus.
No ano passado, o Facebook anunciou um aumento de 27% em receitas de publicidade, na comparação com o ano anterior.

Fonte:G1 e BBC News Brasil

Marcos Mion dá pistas de A Fazenda 2020 e dispara contra Britto Jr e Justus

Marcos Mion
Marcos Mion comenta sobre nova temporada de A Fazenda (Imagem: Reprodução / Record)
Marcos Mion participou do canal do Youtube de Ana Hickmann e não deixou de falar de A Fazenda 2020, da Record. No vídeo, o apresentador comentou a respeito da expectativa para a estreia da nova temporada do reality show e até deu pistas do programa.
Segundo o famoso, os nomes já estão quase fechados e que “é um elenco muito incrível”. Além disso, Mion comentou que são pessoas que antes não poderiam participar por conta da agenda. Porém, a pandemia tem feito muito gente ficar isolada e, por isso, com a vontade de tentar faturar o prêmio.
Ainda na gravação, o artista participou de uma brincadeira e acabou colocando Britto Jr e Roberto Justus na roça. Tudo aconteceu quando Ana fez alusão ao reality show e questionou quem o apresentador enviaria para a roça, mostrando um cartaz com diversos nomes de famosos.
“Eu vou mandar para a roça, com todo o respeito, o Britto e o Justus”, disse ele, sem pensar duas vezes. “Irmãos, parabéns, sou grato por tudo o que vocês construíram, mas agora chispa que é a minha vez”, declarou o famoso, aos risos, sobre os dois apresentadores que o antecederam no comando de A Fazenda.
O artista ainda disse que colocaria o “chapéu do fazendeiro” em Gugu e Xuxa, afirmando que aprendeu muito com ambos, e elogiou Meghan Markle e o Príncipe Harry.
“A atitude dele de negar, de abrir mão da nobreza, pela vida de casal é nobre e bonito”, explicou o contratado da Record, refletindo que o momento atual é de rompimentos de protocolos e ideias.

Fonte:RD1

A cidade turística que foi tomada por macacos na quarentena dos humanos

Banquete ocorreu em templo na província de Lopburi, na Tailândia — Foto: Damir Sagolj/Reuters


Banquete ocorreu em templo na província de Lopburi, na Tailândia — Foto: Damir Sagolj/Reuters
A pandemia do coronavírus transformou a forma como vivemos, mas em uma cidade na Tailândia, seus efeitos foram particularmente sentidos pelos moradores.
Em Lopburi, os macacos, outrora uma atração turística, "tomaram o controle" da cidade antiga.
Eles passaram a se alimentar de junk food e, com essa energia excedente, reproduziram-se indiscriminadamente.
O aumento do número de macacos trouxe mudanças no cotidiano da população, com muitos moradores obrigando-se a se confinarem dentro de casa.
Além disso, gangues rivais de macacos brigam com frequência e há até zonas aonde os humanos não podem ir.

Fonte:BBC News Brasil e G1

Yami to Boushi to Hon no Tabihito-Episódio 1-Hatsuki(Legendado)

Yami to Boushi to Hon no Tabihito (ヤミと帽子と本の旅人 lit. "Escuridão, o Chapéu e o Viajante do Livro", também chamado de "Yamibou"?) é um anime baseado num jogo do mesmo nome lançado pela companhia Root. O anime foi lançado no Japão no Inverno de 2003 como série televisiva e teve um total de 13 episódios.

Yamibou é um anime de acção, fantasia, mistério e romance shojo-ai.

Enredo
Hatsumi e Hazuki são irmãs. Hazuki nutre uma paixão secreta e proibida por sua irmã. No 16º aniversário de Hazuki, após um "acidente", Hatsumi é envolta por uma luz verde e desaparece em meio a ela. Antes de desaparecer, Hatsumi chama por Hazuki, causando espanto já que ela, supostamente, é muda. Logo em seguida, um ser semelhante a um pássaro surge do nada, reclamando que não chegou a tempo. Ele é intimado por Hazuki a levá-la até sua irmã… Eles vão parar em uma estranha biblioteca e aí começa a estranha jornada de Hatsumi por diversos mundos a procura de sua irmã.

Nome do anime:Yami to Boushi to Hon no Tabihito
Gênero:Ação, Fantasia, Shoujo-Ai, Mistério, Romance
Escrito por:Aya Sakurai
Editora:Kadokawa Shoten
Revista:Comptiq
Direção:Yuji Yamaguchi
Estúdio:Studio Deen
País:Japão
Canais:Animax e MBS(Japão)
Legendas:OMDA Fansub



Patrocinadora da Racing Point levará água potável para a Gâmbia a cada top 10 da equipe

Os pontos que Sergio Pérez e Lance Stroll conquistarem ao longo da temporada 2020 da Fórmula 1 valerão para além da disputa no Mundial de Pilotos. A patrocinadora da Racing Point, BWT AG, anunciou uma nova iniciativa em conjunto com a equipe.

A cada corrida em que pelo menos um dos pilotos da dupla terminarem entre os dez primeiros colocados, a empresa parceira providenciará a construção de sistemas de captação de água em vilarejos da Gâmbia, país da África Ocidental.
Pérez com o carro da Racing Point nos boxes de Barcelona — Foto: Divulgação
Pérez com o carro da Racing Point nos boxes de Barcelona — Foto: Divulgação
O projeto terá início na etapa dupla do GP da Áustria, que será realizado no próximo dia 5 de julho, e se estenderá ao longo da temporada da F1, que tem, até o momento, mais sete etapas confirmadas nas próximas dez semanas, nos circuitos de Hungaroring, Silverstone (rodada dupla), Barcelona, Spa-Francorchamps e Monza.
A iniciativa faz parte da "BWT b.Water Mission", que por sua vez, integra a fundação AQA Pearls, da própria BWT. O objetivo é garantir, pelos próximos sete anos, a construção de ao menos 10 mil captadores de água no país, onde em 2015, quase metade da população de 1,9 milhões de habitantes estava abaixo da linha da pobreza.
Projeto tem intuito de promover a construção de até 10 mil sistemas de captação de água — Foto: Divulgação
Projeto tem intuito de promover a construção de até 10 mil sistemas de captação de água — Foto: Divulgação
- Uma das forças-chave de nossa parceria com a BWT é o compromisso compartilhado de utilizar nosso conhecimento e a plataforma global do esporte para promover progressos reais em projetos globais de sustentabilidade. A BWT já apoia nossa equipe em nossos esforços para eliminar plásticos de uso único no paddock da Fórmula 1, e com a b.Water Mission, temos agora uma oportunidade de causar impacto além dos confins das pistas. Enquanto fazemos nosso tão esperado retorno para a Áustria, temos agora um incentivo maior por resultados fortes e fazer nossa parte nessa iniciativa fantástica - declarou Otmar Szafnauer, chefe da Racing Point.

Fonte:Globoesporte.com