sábado, 16 de maio de 2020

Lua de Júpiter está 'lançando' água no espaço, afirma estudo

Em um estudo recente publicado na Geophysical Research Letters, a Agência Espacial Europeia (ESA) descreve que encontrou evidências de que uma das luas de Júpiter, conhecida como Europa, está derramando plumas de água no espaço. Esse fenômeno sugere que a lua gelada pode conter vasos oceânicos subterrâneos – que alguns pesquisadores suspeitam que possam abrigar vida.

Há anos astrônomos sugerem que a lua "vaza" água. O novo estudo serve de comprovação para isso. Os dados para construção da pesquisa foram coletados pela sonda Galileo durante um sobrevoo da lua Europa no ano 2.000.

Foram identificadas alterações nos prótons perto de Europa. Estudos anteriores sugeriram que isso foi causado pela própria lua que obscureceu o detector da nave. No entanto, a pesquisa recente explica que a falta de prótons em movimento rápido registrada se devia ao rompimento da fina e tênue atmosfera da lua, o que perturbou os campos magnéticos da região. Tudo isso foi causado pela concentração de água nos arredores. 

Procura por vida

A revelação deixou astrônomos empolgados com as possibilidades. Encontrar água em Europa pode apontar para uma maneira de estudar os oceanos subterrâneos e até sondá-los em busca de evidências de vida extraterrestre.
Porém, essa descoberta pode demorar um pouco, já que o próximo sobrevoo programado pela ESA às luas geladas de Júpiter deve ocorrer apenas em 2029 como parte da missão "Juice" (exploração das luas geladas de Júpiter, em tradução livre). O explorador passará três anos estudando o planeta e três de suas maiores luas, incluindo Europa.

Fonte:Olhar Digital e  Futurism

Nenhum comentário:

Postar um comentário