sábado, 29 de fevereiro de 2020

Plácido de Castro goleia Rio Branco-AC, assume vice-liderança do grupo A e fica perto das semifinais do turno

  • O Plácido de Castro não tomou conhecimento do Rio Branco-AC e atropelou o rival na tarde deste sábado (29), no estádio Ferreirão, na cidade de Plácido de Castro, a 95 km da capital do Acre. Em confronto válido pela quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Acreano, o Tigre do Abunã goleou o Estrelão por 6 a 2. Wanderson, Juninho, Lukinhas, Matheus, Raul e Rodrigo marcaram os gols dos donos da casa. Cassiano e Matheus Soldado balançaram as redes pelo Alvirrubro.
  • COMO FICAM
    Com a vitória, o Plácido de Castro toma a segunda colocação do grupo A do Rio Branco-AC. O Tigre do Abunã tem seis pontos, mesma pontuação do Estrelão, mas saldo de gols superior. O Alvirrubro fica em terceiro lugar, em situação delicada, correndo o risco de ficar fora das semifinais do turno.
  • PRÓXIMOS COMPROMISSOS
    O Rio Branco-AC volta a jogar na quinta-feira (5), no clássico contra o Atlético-AC. A partida será na Arena Acreana, na capital, às 18h. O Estrelão precisa vencer para seguir com chances de ir às semifinais. Em caso de vitória, vai precisa ainda torcer contra o Plácido de Castro, que enfrenta o Andirá no dia 8 de março, às 15h, no estádio Florestão. O Tigre do Abunã precisa de uma vitória simples para assegurar a vaga.
  • PRIMEIRO TEMPO
    A partida começou equilibrada, mas o equilíbrio durou menos de 15 minutos. Aos 13, o atacante Wanderson, do Plácido de Castro, foi derrubado pelo goleiro Ferrari, do Rio Branco-AC, dentro da área do Estrelão. O árbitro Fábio Santos marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Wanderson bateu e fez 1 a 0 para o Tigre do Abunã. O Rio Branco-AC sentiu o baque, mas seguia tentando chegar ao ataque. Aos 21, Bruce arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Paulo, do time da casa, a espalmar para escanteio. Quando o Rio Branco-AC parecia ter entrado no jogo, a defesa não cortou um cruzamento feito pelo lado direito de ataque do Plácido de Castro e o pequenino Juninho, de cabeça, marcou o segundo dos anfitriões. A partir daí, o Tigre do Abunã passou a dominar as ações da partida e iniciou o atropelo. Dois minutos, Wanderson foi derrubado por Paulo Henrique na área do Rio Branco-AC. Pênalti marcado e o terceiro gol do Plácido de Castro, desta vez marcado por Matheus, aos 31. Aos 36, Raúl cobrou falta pelo lado direito de ataque do Tigre do Abunã e acertou o ângulo direito da trave de Ferrari: 4 a 0. E os donos da casa foram para o intervalo com uma excelente vantagem.
  • SEGUNDO TEMPO
    Os últimos 45 minutos iniciaram com o Rio Branco-AC partindo pra cima e conseguindo diminuir o prejuízo logo no primeiro minuto, com gol marcado por Cassiano. Mas nem deu tempo de tentar buscar a reação. Dois minutos depois, Wanderson roubou a bola do zagueiro Guilherme no campo de ataque do Plácido de Castro, invadiu a área e finalizou. Ferrari defendeu, mas deu rebote para o meio da área e o Lukinhas apareceu para completar para o fundo da rede a marcar o quinto do Tigre do Abunã. O gol reduziu o ímpeto do Estrelão, que pouca inspiração tinha no setor ofensivo. Aos 27, os donos da casa marcaram o sexto. Lukinhas ganhou de Layo na corrida em contra-ataque rápido, invadiu a área do Rio Branco-AC e tocou para o Rodrigo, que passou pelo goleiro Ferrari empurrou a bola para o fundo do gol. Após o sexto gol, o Plácido de Castro passou a esperar o tempo correr. O Rio Branco-AC ainda marcou o segundo, com Matheus Soldado, aos 43 minutos, mas a goleada já estava sacramentada e a vitória do Tigre do Abunã assegurada.
Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário