sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Motorista gravado em suposto assédio a adolescente em Viamão é indiciado por perturbação de tranquilidade

Por Jonas Campos

O motorista de aplicativo filmado por uma passageira adolescente cometendo um suposto assédio em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre foi indiciado, nesta sexta-feira (28), por perturbação de tranquilidade. Veja o vídeo abaixo.
O caso aconteceu em 16 de fevereiro. André Lopes Machado, de 43 anos, foi banido do aplicativo.
Ele também responde a um segundo inquérito por difamação, após declarações à imprensa.
Em uma delas, o motorista afirmou que a adolescente "estava com um short do 'tipo Anitta', uma miniblusa, com as pernas abertas no banco, me chamando atenção". A cantora repudiou a declaração.
"Semana que vem ele vai ser ouvido a respeito desse fato", diz a delegada que conduziu o caso, Marina Dillenburg..
00:00/00:49
Motorista de aplicativo é banido após jovem gravar suposto assédio em corrida em Viamão
No primeiro indiciamento, a delegada explica que ficou caracterizado que a jovem, então com 17 anos, sofreu importunação durante a corrida.
"O constrangimento da passageiro no momento em que ele assedia, ele diz que gostaria de namorá-la, ficou configurada a perturbação, que ela se sentiu incomodada com o teor do discurso dele", diz a delegada.
"Na falta de um tipo penal mais específico, se enquadrou pela contravenção penal de perturbação de tranquilidade", detalha. A contravenção pode resultar em prisão de 15 dias a dois meses, ou multa.
André Lopes Machado também responde a um segundo inquérito por difamação, após declarações à imprensa. — Foto: Jonas Campos/RBS TVAndré Lopes Machado também responde a um segundo inquérito por difamação, após declarações à imprensa. — Foto: Jonas Campos/RBS TV
André Lopes Machado também responde a um segundo inquérito por difamação, após declarações à imprensa. — Foto: Jonas Campos/RBS TV

Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário