quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

D’Ale é expulso, mas Guerrero acaba com jejum e põe Inter na fase de grupos da Libertadores

O Inter está na fase de grupos da Libertadores. Teve muita tensão, mas o time gaúcho bateu o Tolima por 1 a 0, mesmo com um a menos após a expulsão de D’Alessandro, e entra no Grupo E ao lado do maior rival Grêmio. O gol saiu dos pés de Paolo Guerrero, que acabou com jejum de um mês sem balançar as redes, em jogadaça do camisa 10 argentino. Os Gre-Nais ocorrerão nos dias 12 de março, na Arena, e 8 de abril, no Beira-Rio.
Guerrero, D'Alessandro, Inter x Tolima
Guerrero, D'Alessandro, Inter x Tolima (Foto: REUTERS/Diego Vara)
1º tempo
Se faltou qualidade, sobrou entrega. O Inter voltou a ter dificuldades de criação e abusou dos passes errados. Eduardo Coudet percebeu os problemas e sacou Rodrigo Lindoso para a entrada de Marcos Guilherme. Mesmo assim, o time da casa sofria. Paolo Guerrero era pouco acionado e, quando recebia, tinha dificuldade de domínio. O Tolima começou a gostar do jogo e levou perigo, com Campaz e Estupiñán. Porém, no último lance antes do intervalo, aos 48, apareceu a genialidade de D'Alessandro. O camisa 10 recebeu de Marcos Guilherme, entortou Banguero duas vezes e rolou para Guerrero, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.
Guerrero abriu o placar para o Inter contra o Tolima
Guerrero abriu o placar para o Inter contra o Tolima (Foto: Ricardo Duarte/DVG/Inter)
2º tempo
Com o placar favorável, o Inter tinha tudo para controlar o jogo rumo à uma classificação natural. Só que D’Alessandro foi expulso aos 18 minutos da etapa final e dificultou as coisas. O Tolima pressionou e só não fez o gol de empate, já nos acréscimos, por conta de Marcelo Lomba.
Boschilia ajudou o Inter na criação das jogadas
Boschilia ajudou o Inter na criação das jogadas (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)
Recorde, assistência e expulsão
D’Alessandro se tornou o argentino com mais partidas na história da Libertadores, com 86 jogos disputados. Na noite da marca, o meia deu assistência belíssima para Guerrero após jogada individual e drible dentro da área. Era dos melhores em campo, mas o cansaço traiu o camisa 10. Ao deixar a bola escapar, dividiu com Robles e pisou na perna do adversário. Segundo amarelo, expulsão e desfalque contra a Universidad Católica, na próxima terça.
D'Alessandro reclama com a arbitragem no jogo contra o Tolima
D'Alessandro reclama com a arbitragem no jogo contra o Tolima (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)
Troca ofensiva destrava meio
Eduardo Coudet escalou novamente Musto e Lindoso juntos. Mas com pouco mais de meia hora de primeiro tempo, viu que não precisaria dos dois em campo e destravou o time. Colocou Marcos Guilherme, que cria a jogada do gol do Inter com D’Alessandro, e recuou Edenílson para atuar como volante central. A troca, tão pedida pela torcida, veio após o treinador ouvir algumas vaias das arquibancadas em lance errado do time e chutes do Tolima defendidos por Lomba.
Marcos Guilherme ajudou Inter a ter uma melhor criação
Marcos Guilherme ajudou Inter a ter uma melhor criação (Foto: Ricardo Duarte/DVG/Inter)
Fim do jejum e gol salvador
Guerrero entrou no jogo da noite desta quarta-feira pressionado, sem balançar as redes há um mês. Só havia feito gol na vitória sobre o Pelotas, pelo Gauchão, em sua estreia no ano. Ao empurrar para o gol o passe de D’Alessandro, o peruano tirou das costas o peso do jejum e ganhou mais confiança para deslanchar na temporada.
Paolo Guerrero abriu o placar para o Inter após assistência de D'Alessandro
Paolo Guerrero abriu o placar para o Inter após assistência de D'Alessandro (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)
Agenda
O Inter estreia na fase de grupos da Libertadores na próxima terça-feira, contra a Universidad Católica, no Beira-Rio, às 19h15. Pelo Gauchão, entra em campo no sábado, contra o Caxias, no Centenário, às 19h, na abertura do segundo turno.

Fonte:Globoesporte.com


















Nenhum comentário:

Postar um comentário