sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Bottas confirma favoritismo da Mercedes e lidera último dia de testes da pré-temporada da F1

Bottas confirma favoritismo da Mercedes e lidera último dia de testes da pré-temporada da F1
Reprodução Mercedes

Valtteri Bottas foi o piloto mais rápido do sexto e último dia de testes de pré-temporada da Fórmula 1, nesta sexta-feira, em Barcelona, na Espanha ao registrar 1m16s196. O finlandês também encerra sua participação nas atividades com o melhor tempo de todas as duas semanas de testes, registrada no terceiro dia de treinos (1m15s732).

Para efeito de comparação: o melhor tempo em oito dias de teste em 2019 foi de Sebastian Vettel, que conseguiu virar em 1m16s221.
A segunda colocação ficou com a RBR de Max Verstappen, que calçou os pneus macios e se lançou em fazer voltas velozes nos 30 minutos finais da sessão. Em terceiro, nada de Ferrari, mas a Renault de Daniel Ricciardo. Charles Leclerc aparece logo em seguida, com o quarto melhor tempo do dia. O hexacampeão Lewis Hamilton completou o top5.
Resultado do sexto dia de testes de pré-temporada, em Barcelona — Foto: ReproduçãoResultado do sexto dia de testes de pré-temporada, em Barcelona — Foto: Reprodução
Resultado do sexto dia de testes de pré-temporada, em Barcelona — Foto: Reprodução
Ferrari faminta por quilometragem
Com ainda muito trabalho pela frente para desafiar a Mercedes pelo título, a Ferrari tratou de andar o máximo que pôde no último dia de atividades. Leclerc, o único piloto a ter guiado o carro nesta sexta, andou nada menos que 177 voltas, ou quase a distância de três GP's da Espanha completos. Além do monegasco, outros cinco pilotos quebraram a marca de 100 voltas individualmente: Sainz (159), Kvyat (157), Pérez (153), Russel (143) e Raikkonen (115).
Dos times que trocaram os pilotos entre as sessões da manhã e da tarde, que mais andou foi a Mercedes, com um total de 167 voltas, sendo 90 para Hamilton e 77 para Bottas. Mais tímida, a Renault completou 136 giros no circuito espanhol, com 71 voltas de Esteban Ocon e 65 de Daniel Ricciardo. A Haas fez 111, com 86 voltas para Grosjean e apenas 25 para Magnussen e a RBR foi mais tímida, com "apenas" 103 voltas, sendo 59 de Albon e 44 de Verstappen.
Último dia de testes não têm bandeiras vermelhas e é marcado por poucos incidentes
Diferentemente de outros dias dessa última semana de testes, a sexta-feira foi de poucos incidentes e livre de bandeiras vermelhas (a não ser as da Ferrari pelas arquibancadas). Logo no início do dia, Kimi Raikkonen rodou nas últimas curvas, mas sem danos para seu Alfa Romeo. Alexander Albon teve destino parecido, foi parar na brita, mas conseguiu voltar à pista sem precisar ser rebocado. No mais, o dia transcorreu com suavidade.
Fonte:Globoesporte.com










Nenhum comentário:

Postar um comentário