quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

"Sem banco", Iranduba leva dois gols e busca empate heroico com o Penarol fora

  • De forma heroica, o Iranduba, mesmo com apenas um jogador de linha no banco de reservas, arrancou um empate heroico diante do Penarol-AM nesta quarta-feira, fora de casa, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, pela terceira rodada do Campeonato Amazonense. O Leão da Velha Serpa chegou a abrir dois gols de vantagem, com Edinho Canutama e Nena, ambos no primeiro tempo, mas desperdiçou uma série de chances, inclusive em cobrança de pênalti de Raílson, e viu o Hulk de Caíque empatar com gol contra de Digão e em penalidade máxima convertida por Pablo.
  • Como fica?
    Se vencesse, o time da casa poderia chegar a seis pontos e encostar no Manaus FC na liderança, se garantido ao menos no G4 até o término da rodada. Como levou o empate, somou apenas um ponto, chegou a quatro no total, e ficou na quarta colocação, mas podendo perder lugar para o Princesa, que joga daqui a pouco contra o Amazonas FC. Já o Iranduba somou seu primeiro ponto e deixou a lanterna para o Fast, que leva desvantagem no número de gols marcados. Porém, segue na zona de rebaixamento.
  • Primeiro tempo
    Quem deu a primeira finalização foi o Iranduba, com Werley, mas os 45 minutos iniciais foram de ataque contra defesa. O Penarol, com uma formação diferente e mais ofensiva do que nos últimos jogos, dominou as ações desde o primeiro minuto, principalmente com Edinho Canutama, que incomodou demais a zaga esmeraldina. Logo aos quatro minutos, Thiago Bonfim deu bobeira na saída de bola, perdeu para Rafa Guedes, que foi derrubado na área por Thiago Salgado. O goleirão levou o amarelo, mas defendeu pênalti cobrado por Raílson. O Penarol seguiu pressionando.
    .
    Assim, chegava com muita facilidade na área do Hulk, visivelmente perdida. Prova disso foi o primeiro gol. Rascifran lançou Edinho Canutama, Pity errou o tempo da bola ao tentar afastar de cabeça, e o atacante ficou cara a cara com om goleiro. Ele ainda driblou Thiago Salgado antes de empurrar para o gol vazio. O Penarol ainda chegou outras vezes, com Nena, Raílson e Canutama, mas o segundo gol só saiu aos 47 minutos, em novo pênalti. Dessa vez foi Thiago Bonfim quem colocou a mão dentro da área. Nena pediu a bola e deslocou Salgado para aumentar a contagem.
  • Segundo tempo
    Se não tinha reservas para mudanças técnicas e táticas, Charles Guerreiro corrigiu a postura do Verdão na base da conversa. E deu certo, pois o time voltou diferente para o segundo tempo. Explorando o recuo exagerado do time da casa, os visitantes acharam em Caíque a válvula de escape necessária para reagir. Aos sete, o atacante arrancoun pela direita e chutou cruzado para dentro da área. Ao tentar afastar, Digão desviou contra o próprio patrimônio.
    .
    O Verdão, mesmo desgastado fisicamente, não dava o braço a torcer e tentava muito mais na raça do que qualquer outra coisa o empate. O Leão da Velha Serpa, em contrapartida, desperdicava contra-ataques como ninguém,. Canutama acertou o travessão, Nena errou vôleio, e Bruno isolou chute quase embaixo da trave. Aí é aquela velha história: a bola pune. Aos 47, Caíque dessa vez arrancou pela esquerda, deixou o primeiro zagueiro na saudade e foi derrubado por Ferreira dentro da área. Homem das bolas paradas, Pablo converteu e deu números finais ao jogo.
  • Próxima rodada
    Na próxima rodada, o Iranduba encara o São Raimundo-AM, no sábado, no estádio da Colina. Já o Penarol deixa mais uma vez Itacoatiara para enfrentar o Amazonas FC, no mesmo dia, só que no estádio Carlos Zamith, o Coroado.
Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados