domingo, 29 de setembro de 2019

Weezer toca Nirvana e Black Sabbath em show com recepção tímida no Rock in Rio

Por Braulio Lorentz

O Weezer fez seu primeiro show no Rio neste sábado (28), tocando no Palco Mundo do Rock in Rio, logo antes do Foo Fighters.

O quarteto californiano foi recebido pelos fãs de Dave Grohl com uma frieza já esperada. A banda não é tão conhecida no Brasil e fez um show esvaziado em São Paulo, dois dias antes.
Sem entender muito o que estava acontecendo no palco, a plateia cantou algumas partes das seis covers do repertório, principalmente "Lithium", do Nirvana, e "Paranoid".
A música do Black Sabbath faz parte do "Teal album", disco de covers do qual também foram tocadas "Africa", do Toto; "Take on me", do A-ha; e "Happy Together", do Turtles.
Dentre as canções próprias, a balada "Island in the sun" foi até que bem recebida. As pesadas "Say ain't so" e "Hash Pipe" também tiraram algum barulho da plateia.

Diferentemente de outros shows da turnê, preferiram deixar de fora as músicas do disco "Pinkerton", mais esquisito e menos indicado para grandes festivais.
Em entrevista ao portal G1, o guitarrista Brian Bell explicou que é comum Rivers Cuomo, vocalista e guitarrista, levar vários gráficos de audições nos serviços de streaming para as reuniões da banda. É com toda essa informação que ele gosta de definir os setlists.
A cena descrita por Bell diz muito do Weezer: uma banda que tem um líder obsessivo, em busca de um rock de guitarras perfeito.
Quando quis ir além em sua escrita, foi estudar Letras em Harvard. O motivo de a banda gravar tantas covers está basicamente na vontade de Rivers de entender como os grandes hits são criados. Seria mais simples descobrir isso tocando todos eles sem parar.

Em bom português

Rivers de novo falou bastante em português. O leve sotaque pode ser explicado por sua facilidade para repetir fonemas.
"Bem-vindos ao nosso show", disse, no começo. "Estamos muito felizes de finalmente tocar aqui" e "Juntos, somos um time perfeito" foram outras das frases fofas.
Quando falou em inglês, foi mais piadista. "Quem é a próxima banda? Backstreet Boys? NSYNC? Foo Fighters!", brincou Rivers.
A simpatia era tanta que teve gente que o chamou de "tadinho" e alguns que não conheciam as músicas, mas aplaudiram por educação. Com certeza, teria feito mais sentido em um fim de tarde do Lollapalooza.

Weezer toca no Rock in Rio 2019 neste sábado (28) — Foto: Alexandre Durão/G1
Weezer toca no Rock in Rio 2019 neste sábado (28) — Foto: Alexandre Durão/G1

Fonte:G1
00:00/01:0

Nenhum comentário:

Postar um comentário