domingo, 29 de setembro de 2019

Reginaldo Faria prepara estreia como autor na Globo

Reginaldo Faria
Reginaldo Faria se prepara para apresentar sinopse de minissérie à Globo (Imagem: Divulgação / Globo)
Após décadas como ator, Reginaldo Faria busca outro caminho. Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, ele pretende se lançar como autor através da minissérie A Festa dos Libertos. Em breve, Faria deve apresentar o projeto – concebido, a princípio, como filme – à direção da Globo. O filho de Reginaldo, Marcelo Faria, é nome pretendido para a produção. A Festa dos Libertos se passa no período da escravidão no Brasil; em cena, o racismo e a tirania de poderosos – incluindo aqui o antagonista, um barão, que Reginaldo Faria designou a Marcelo. Cabe lembrar que pai e filho já dividiram o set em Beleza Pura (2008), como tio (Olavo) e sobrinho (Robson); em Paraíso (2009), responderam pelo mesmo personagem (Eleutério) em fases distintas. Reginaldo Faria despontou para o estrelato no cinema, através de diversas parcerias com o irmão Roberto, falecido ano passado. Em 1965, participou da primeira novela da Globo, Ilusões Perdidas. Suas participações na telinha, porém, só se tornaram frequentes após Dancin’ Days (1978). Na década de 1980, esteve em clássicos como Água Viva (1980), Tititi (1985), Corpo Santo (1987), Vale Tudo (1988) e Tieta (1989). Segue em atividade, tendo participado recentemente de Pega Pega (2017) e Espelho da Vida (2018). Em paralelo à atuação, roteirizou, produziu e dirigiu filmes como Os Paqueras (1969), Aguenta Coração (1984) e O Carteiro (2010). Em 1988, arrebatou o prêmio de melhor ator no Festival de Gramado por A Menina do Lado (1987). Antes, havia sido contemplado com o APCA, também de melhor ator, pela novela Elas Por Elas (1982).


Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário