sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Glenn Greenwald afirma que “JN” atuava “quase como parceiro” de Moro

Glenn Greenwald
Glenn Greenwald comentou sobre a relação da Globo com Sergio Moro (Imagem: Reprodução / Jovem Pan FM)
O editor do "The Intercept Brasil", Glenn Greenwald, revelou ao Juca Kfouri no programa "Entre Vistas", da TVT, que o "Jornal Nacional", da Globo, atuava quase como parceiro da Lava Jato e de Sergio Moro.

"Obviamente, a grande mídia estava como uma aliada do Sergio Moro e da Lava Jato nos últimos anos, não só por ideologia, mas também porque o modelo do lucro da mídia brasileira era receber vazamentos da força-tarefa da Lava Jato sem gastar com nenhum recorte, sem fazer investigações",afirmou ele. "Então o Jornal Nacional recebia vazamentos da força-tarefa da Lava Jato, o [apresentador William] Bonner anunciava que tinha uma notícia muito importante sobre corrupção, com uma audiência enorme, e a Globo lucrava muito sem fazer jornalismo. O papel da grande mídia no Brasil era quase como parceiro da Lava Jato e do Sergio Moro", completou Glenn sobre o assunto.

O jornalista contou que a situação mudou quando o site começou a vazar os diálogos entre Sérgio Moro e um procurador da Lava Jato. "Nossa estratégia, então, foi convidar a grande mídia para ter acesso ao nosso jornalismo, para reportar junto com a gente. Acho que sem a nossa estratégia, sem envolver todos conosco, não seria assim", disse.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados