sábado, 31 de agosto de 2019

Arthur Caíke marca de falta, e Bahia vence o CSA com gol no fim

O Bahia sofreu neste sábado, mas venceu o CSA por 1 a 0 na Arena Fonte Nova. Em casa, o Tricolor pressionou, perdeu até pênalti, com Artur, mas fez o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo. Arthur Caíke, que entrou aos 37, bateu falta no capricho e passou pelo goleiro Jordi, destaque do adversário.
Melhores momentos: Bahia 1 x 0 CSA, pela 17ª rodada do Brasileirão 2019
Melhores momentos: Bahia 1 x 0 CSA, pela 17ª rodada do Brasileirão 2019
Cenário
A vitória colocou o Bahia, pelo menos por enquanto, na sétima colocação, agora com 27 ponto. O CSA segue em penúltimo lugar no Brasileirão, com 12 pontos.
Bahia x CSA
Bahia x CSA (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/E.C. Bahia)
Sai Artur, entra Arthur
No primeiro tempo, Artur perdeu um pênalti para o Bahia. Cobrou no canto que Jordi escolheu para cair. Na etapa final, foi substituído aos 37 pelo homônimo Arthur Caíke, que marcou de falta e decidiu a parada.

Tudo em casa
Goleador do Bahia, Gilberto nasceu em Piranhas-AL e enfrentou neste sábado um adversário de sua terra. Do outro lado, o baiano Carlinhos, do CSA, jogou pela primeira vez na Arena Fonte Nova. Ele nasceu em Vitória da Conquista e saiu cedo para a base do Santos.
Guerra acha Gilberto na cara do gol, mas atacante bate por cima da meta, aos 47 do 1º tempo
Guerra acha Gilberto na cara do gol, mas atacante bate por cima da meta, aos 47 do 1º tempo
Primeiro tempo
O CSA até surpreendeu no início do jogo. Deu logo de cara duas escapadas, com Euller e Jonatan Gómez. O Bahia ficava com a bola, mas demorou um pouco para ameaçar. Chegava mais pela esquerda. Numa delas, Flávio cruzou e Ronaldo Alves disputou a bola com Gilberto, que ficou no chão. O árbitro Vinícius Amaral (RS) consultou o VAR e marcou pênalti. Aos 23, Artur bateu mal e Jordi salvou o CSA.
O time alagoano se animou e criou ótima chance, com Dawhan. Euller achou o volante livre na área aos 26, mas ele chutou em cima de Bustamante. Aos 47, Guerra acionou Gilberto na área. O centroavante do Bahia teve tempo de arrumar o corpo e finalizou para fora. Na sequência, Nino cruzou e Gilberto cabeceou com estilo: Jordi espalmou.
Artur cobra no canto direito de Jordi, que cai para fazer a defesa, aos 23 do 1º tempo
Artur cobra no canto direito de Jordi, que cai para fazer a defesa, aos 23 do 1º tempo
Segundo tempo
O Bahia levou perigo aos seis minutos. Gilberto lançou para Guerra, que perdeu a disputa com Jordi. O CSA não encaixava contra-atques, e o Tricolor apertou.
Até chegava na área, rondava o gol adversário, mas finalizava pouco. O tempo foi passando, o Bahia ficando nervoso, porque o gol não saía, e a ansiedade atrapalhou a criação das jogadas. Até que o gol da vitória saiu aos 40 minutos. Arthur Caíke cobrou falta fontal com imensa categoria. A bola ainda acertou a trave antes de entrar mansa no gol de Jordi. Explosão na Arena Fonte Nova.
Gol do Bahia! Arthur Caíke cobra falta direto no gol, bola bate no goleiro, na trave e entra, aos 40 do 2º tempo
Gol do Bahia! Arthur Caíke cobra falta direto no gol, bola bate no goleiro, na trave e entra, aos 40 do 2º tempo
  • A próxima
    O Bahia volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado. Visita o Vasco em São Januário, às 11h. O CSA joga no dia 8 de setembro (domingo), contra a Chapecoense. A partida está marcada para as 19h, no Rei Pelé, em Maceió
  • PÚBLICO E RENDA
    Público pagante - 32.483
    Renda - R$ 669.831,00
Fonte:Globoesporte.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados