domingo, 30 de junho de 2019

Ofensiva de Israel na Síria deixa civis mortos, afirma mídia estatal

TV estatal da Síria mostra momento em que militares sírios lançam míssil terra-ar contra ofensiva israelense — Foto: SANA/Reuters
TV estatal da Síria mostra momento em que militares sírios lançam míssil terra-ar contra ofensiva israelense — Foto: SANA/Reuters


A mídia estatal da Síria acusou Israel neste domingo (30) de bombardear posições militares em Homs e na periferia de Damasco. De acordo com relatos, quatro civis morreram na ofensiva, e outras 21 pessoas ficaram feridas.

Militares sírios disseram que defesas anti-aéreas rebateram aos ataques, lançados a partir do espaço aéreo do Líbano.
Perguntada, uma porta-voz militar de Israel afirmou que não comentaria os relatos da mídia estatal da Síria.
Segundo a rede estatal al-Ikhbariya, os quatro civis morreram em Sahnaya, sul de Damasco – entre eles, um bebê. A agência síria Sana afirmou que outras 21 pessoas se feriram e que as baterias anti-aéreas conseguiram derrubar alguns mísseis.

Ações na Síria

Nos últimos anos, Israel tem atacado posições militares na Síria. O governo israelense alega que as ofensivas têm como alvo representantes do Irã e do grupo Hezbollah – a quem Israel chama de maior ameaça às suas fronteiras.
O Irã e o Hezbollah lutam no mesmo lado do presidente da Síria, Bashar al-Assad. Israel diz que ambos tentam fazer do território sírio um novo front contra os israelenses.

Fonte:G1 e Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados