segunda-feira, 29 de abril de 2019

Supostos integrantes do Daesh são detidos em Moscou

Autoridades estão preocupadas com a volta de jihadistas

Autoridades estão preocupadas com a volta de jihadistas

Toni Albir/EFE/04-11-15
As forças de segurança da Rússia detiveram sete supostos membros do grupo terrorista Daesh na região de Moscou e apreenderam armas, munição e literatura extremista, informaram nesta segunda-feira (29) fontes oficiais.
"Durante uma operação policial foram detidos sete integrantes do grupo terrorista (Daesh) e apreendidas armas, munição, aparelhos de comunicação, suportes digitais de armazenamento de dados e literatura extremista", afirmou o Serviço Federal de Segurança russo (FSB, na sigla em russo) em comunicado.

Segundo a nota, a célula terrorista, na qual participavam cidadãos da Rússia e de países da Ásia Central e do Cáucaso Sul, era dirigida por "emissários estrangeiros".
Os detidos foram acusados de realizarem intensa atividade para recrutar novos seguidores e "organizar ataques armados em diferentes regiões da Rússia".
Os investigadores russos abriram um processo criminal e iniciaram diligências para identificar todos os membros do grupo.
Um tribunal será responsável por determinar a medida cautelar aos sete jihadistas, concluiu o FSB na nota.
Em 2017, a Rússia foi cenário do atentado mais grave dos últimos anos, quando um terrorista suicida matou 16 pessoas e feriu mais de 80 durante um ataque no metrô de São Petersburgo.
As autoridades russas expressaram em diversas ocasiões preocupação com o retorno da Síria de jihadistas de origem russa, que estimam em aproximadamente 4 mil.

Fonte:R7 e EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog