terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Polícia Federal faz operação contra filho de Francisco Cuoco

Francisco Cuoco
Filho de Francisco Cuoco é alvo da Polícia Federal (Imagem: Divulgação / Globo)
A Polícia Federal deflagrou mais uma operação nesta terça-feira (29) que investiga um esquema de pagamento de propinas a diretores e ex-profissionais do BRB, banco estatal de Brasília. Entre as pessoas estão o filho e a nora do ator Francisco Cuoco.
O pagamento de propina era em troca de investimentos em projetos como o extinto Trump Hotel, no Rio de Janeiro, agora chamado LSH Lifestyle. Diogo Cuoco e Adriana Cuoco, filho e nora de Francisco Cuoco, estavam na lista da PF como suspeitos de lavar dinheiro para o esquema.
De acordo com uma pessoa com acesso ao caso, que corre em sigilo, Diogo é alvo de um mandado de prisão e Adriana, de busca e apreensão. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.
Outro alvo da operação é Paulo Renato de Oliveira Figueiredo Filho, neto do general João Baptista Figueiredo, último presidente brasileiro na Ditadura Militar (1979-1985). Para ele, que mora no exterior, também foi expedido mandado de prisão.
Os documentos da operação conseguidas pelo jornal afirmam que ao menos R$ 16,5 milhões em propina foram pagos a diretores do banco, para que eles liberassem fundos de pensão de estatais e de órgãos públicos, administrados pelo banco, e da instituição financeira para os projetos que davam prejuízo e não passavam por um processo de análise técnica adequada, entre eles o Trump Hotel.
A operação da Polícia Federal também mira pagamento de propinas para a construção do edifício Praça Capital, em Brasília, caso que foi relatado por delatores da Odebrecht.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados