quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Claudia Raia elogia William Bonner em cena de “Verão 90”

Duh Secco 

Verão 90
Imagem de William Bonner, no "Jornal da Globo", exibida em "Verão 90" (Imagem: Reprodução / Globo)
As referências que bombaram nas redes sociais na estreia de “Verão 90” prosseguiram no segundo capítulo da trama, exibido nesta quarta-feira (30). Além da novela “Irmãos Coragem” (1970), citada por Janaína (Dira Paes), e da Brasília amarela de João (Rafael Vitti) – homenagem ao clássico "Pelados em Santos" dos Mamonas Assassinas –, William Bonner, em seus primeiros anos de Globo, também foi reverenciado.
Na sequência, Lidiane, vivida por Claudia Raia, chega em casa e liga a TV; após conferir um recado da filha, Manu (Isabelle Drummond), a “pantera” se atenta para o telejornal. “Nossa, esse apresentador... Que gato!”, exclama Lidi, ao ver Bonner na tela. “Que pão!”, complementa.
William Bonner chegou à Globo em 1986, após cinco meses na Band, como apresentador do “SPTV 3ª Edição”, exibido após o “Jornal da Globo”. No ano seguinte, fez sua estreia em rede nacional, com o “Globo Rural”. Em 1988, substituiu Marcos Hummel, em férias, na bancada do “Jornal Hoje”; foi então alçado ao comando do “Fantástico”, ao lado de Sérgio Chapelin e Valéria Monteiro.
Em 1990, ano em que se passa a trama de “Verão 90”, Bonner se dedicava ao “Jornal da Globo”, formando dupla com a então namorada Fátima Bernardes; os dois oficializaram o casamento no mesmo ano; a união chegou ao fim em 2016. Em 1996, Bonner assumiu o “Jornal Nacional”, onde está até hoje.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog