sábado, 6 de outubro de 2018

O que faz dos holandeses as pessoas mais altas do mundo

Pesquisa mostrou que homens holandeses mais altos do que a média tinham mais filhos — Foto: StockSnap/Creative Commons
Pesquisa mostrou que homens holandeses mais altos do que a média tinham mais filhos — Foto: StockSnap/Creative Commons
A Holanda pode ser um país pequeno, mas os holandeses costumam ser grandes – com frequência, sua população lidera os rankings das pessoas mais altas do mundo.
Os homens adultos têm hoje em média 1,84m, e, nos últimos 140 anos, esse número cresceu em 21 cm, de acordo com registros militares.
A estatura de populações de muitas partes do mundo aumentou nesse período, mas em nenhum outro lugar o crescimento foi tão grande quanto na Holanda.
Tradicionalmente, diz-se no país que está por trás disso o fato de a população ter melhores condições de vida, com acesso a um bom sistema de saúde, e uma boa alimentação e por causa de uma redução da desigualdade social.
Mas Gert Stulp, da Universidade de Groningen, na Holanda, investiga outra explicação: a seleção natural pode ter exercido um papel nesse fenômeno.

Homens mais altos tiveram mais filhos

Stulp estuda as variações de altura entre indivíduos e diferentes populações. O próprio pesquisador tem quase 2m de altura.
Ele se baseou no projeto LifeLines, que reuniu dados como peso, altura e índice de massa corporal, além de amostras de sangue e de DNA, de 94,5 mil pessoas do norte da Holanda, ao longo de três gerações, nascidas entre 1935 e 1967.
O estudo analisou apenas aquelas com mais de 45 anos e que tinham pais holandeses. No total, a pesquisa incluiu 42,6 mil participantes.
Stulp cruzou esses dados com informações de sucesso reprodutivo. Os homens mais férteis tinham 7cm acima da média e tiveram 0,24 mais filhos do que os homens menos férteis, que tinham 14cm abaixo da média.
Ter mais de 7cm acima da média não conferiu nenhuma vantagem significativa nesse aspecto.

Um padrão diferente para mulheres

Stulp encontrou um padrão mais complexo entre as mulheres – as holandesas com altura média, de 1,71m, tiveram mais filhos.
Isso porque as mulheres mais altas levavam mais tempo para serem mães, mas, uma vez que isso ocorria, elas tinham filhos em um ritmo mais acelerado do que mulheres mais baixas.
As holandesas também estão entre as mais altas do mundo. Um estudo do Imperial College London, no Reino Unido, divulgado em 2016, mostrou que elas só perdem para as mulheres da Letônia.
Não há dados que ilustrem um aumento da estatura das holandesas nos últimos 140 anos, porque, antes de 1955, a altura média da população do país era baseada em dados de homens apenas.
Mas o estudo de Stulp aponta para um aumento expressivo também entre elas: as participantes nascidas em 1933 tinham uma média um pouco acima de 1,62m, enquanto as que nasceram em 1969 chegavam a quase 1,71m.

O poder da genética

O cientista explica que seu estudo apontou para um maior sucesso reprodutivo de homens holandeses com altura acima da média.
"Mostramos que homens altos, em especial, tiveram mais filhos do que homens mais baixos, e sabemos que pessoas altas têm filhos altos", diz o pesquisador.
A genética tem um papel importante sobre a estatura. Cientistas já identificaram 180 genes que influenciam nesse aspecto e que, juntos, explicam 80% da variação de estatura em uma população.
Então, será que as pessoas baixas estão sendo "eliminadas" da população holandesa por causa disso?

A estatura e a atração sexual

Isso pode ter a ver com quem nos atrai sexualmente.
"A altura é um fator levado em consideração na forma como consideramos homens e mulheres atraentes. Ainda que não seja algo preponderante, homens altos têm uma vantagem sobre os mais baixos para serem considerados bons parceiros para casar", diz Stulp.
Ele ressalta que o efeito desta "seleção natural" sobre a estatura é mínimo quando comparado a outros fatores sociais, culturais e do ambiente em que vivemos, como saúde e dieta.
"Somos (a Holanda) uma das nações com o maior consumo de laticínios, e sabemos que o leite tem um grande impacto sobre a altura de um indivíduo", diz o cientista.
"E também os baixíssimos níveis de desigualdade podem ter elevado a média de altura do nosso país."
Mas os resultados de sua pesquisa ainda assim são relevantes, porque o aumento da estatura da população é um fenômeno bem recente.
"Em 140 anos, os homens holandeses ficaram cerca de 20cm mais altos, o que é bastante. No mesmo período, os homens americanos tiveram um aumento bem menor, de só 6cm", diz.
"Há indícios de que a nossa população tenha parado de crescer, mas podemos chegar a 2,50m de altura se tivermos uma dieta ou sistema de saúde ainda melhores."

Fonte:G1 e BBC News Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog