domingo, 30 de setembro de 2018

Nem longe do Z-4, nem líder: Bahia e Flamengo empatam e não conseguem subir na tabela

Melhores momentos de Bahia 0 x 0 Flamengo, pela 27ª rodada do Brasileirão 2018
Melhores momentos de Bahia 0 x 0 Flamengo, pela 27ª rodada do Brasileirão 2018
O 0 a 0 no placar reflete bem o que foram os 90 minutos de Bahia x Flamengo na noite deste sábado, na Fonte Nova, pela 27ª rodada do Brasileiro. Nem quando Anderson soltou a bola nos pés de Vitinho, ou quando Vinícius e Gilberto apareceram na frente de César, a bola entrou. No duelo de pouca criatividade e muitas reclamações, o empate, ruim para os dois, acabou justo.


(RE)ESTREIA DE DORIVAL
Dorival Junior voltou ao Flamengo. Anunciado na tarde de sexta e apresentado nesta manhã, o treinador comandou o Flamengo à beira do gramado. Sem Diego (se tratando de dores na coxa) e Henrique Dourado (suspenso), optou por Vitinho e Lincoln como titulares. Viu a equipe sofrer - mas segurar o Bahia no 1º tempo - e as duas opções não funcionarem .
Dorival Junior durante jogo contra o Bahia
Dorival Junior durante jogo contra o Bahia (Foto: Staff Images/Flamengo)
O técnico gesticulou, andou de um lado para o outro, gritou, tentou corrigir e motivar o time. Conseguiu uma mudança de postura para a segunda etapa: o Fla voltou melhor, ocupando os espaços e trocando mais passes. Mas ainda terá trabalho: fazer esse time ser mais agressivo e efetivo. Nesta semana, Dorival terá a oportunidade de conhecer melhor o elenco. Serão mais cinco dias com o grupo antes do próximo compromisso.


OLHA O Z-4
O Bahia começou a 27ª rodada fora da zona de rebaixamento e buscava a vitória em casa para se afastar mais dos últimos colocados. O empate sem gols com o Flamengo, porém, mantém o Tricolor em situação delicada e existe a possibilidade de o time de Enderson Moreira terminar a rodada no Z-4, já que os times abaixo na tabela ainda jogam neste domingo e na segunda.
Bahia buscava vitória para se afastar do Z-4
Bahia buscava vitória para se afastar do Z-4 (Foto: MARCELO MALAQUIAS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

PRÓXIMOS JOGOS
O Bahia volta suas atenções para outra competição no meio da semana. Depois de vencer o Botafogo por 2 a 1 no jogo de ida das oitavas da Sul-Americana, o Tricolor enfrentará o Alvinegro no Rio de Janeiro, na quarta, às 21h45. No sábado, pelo Brasileiro, encara o Grêmio, às 21h, fora de casa.
.
Já o Flamengo terá a semana para se preparar para novo duelo contra o Corinthians, na sexta, às 21h, em Itaquera, desta vez pela 28ª rodada do Brasileirão.

PRIMEIRO TEMPO
Bahia e Flamengo não fizeram grande jogo no primeiro tempo. Mas o Tricolor foi melhor e ficou mais perto do gol. O time da casa começou a partida com a marcação avançada e pressionando a saída de bola do Fla, que teve dificuldades de criar e assustar. Os cariocas erraram muitos passes na frente e perderam oportunidades de levar perigo ao gol de Anderson. Vitinho arriscou chutes de fora da área, Lincoln também tentou, mas ambos sem efetividade.
Leo pega forte na bola e assusta César, aos 23 do 1º tempo
Leo pega forte na bola e assusta César, aos 23 do 1º tempo
O Tricolor explorou bem o lado direito do ataque e encontrou espaços na marcação de Trauco, criando por ali as melhores chances. Léo e Élber assustaram o goleiro César em chutes de fora. Zé Rafael também apareceu bem.
O Bahia ainda foi para o vestiário no intervalo na bronca: em dois lances na área, os donos da casa pediram pênalti, mas o árbitro Igor Junio Benevenuto nada marcou.

SEGUNDO TEMPO
O Bahia voltou mais apagado, cedendo espaços para o Flamengo trocar passes no meio. Mas os erros dos visitantes persistiram. Lucas Paquetá tentou vários passes e penetrações, mas não estava em noite inspirada. O Rubro-Negro tinha a posse de bola, mas, sem agressividade, abusou das jogadas pela lateral e dos cruzamentos. Não deu. Nem a sorte esteve ao lado do time: quando Anderson falhou logo aos seis minutos e deixou a bola nos pés de Vitinho, o atacante não concluiu.
Anderson se enrola, Vitinho pega sobra e não marca, aos 6 do 2º tempo
Anderson se enrola, Vitinho pega sobra e não marca, aos 6 do 2º tempo
Para o Bahia, as coisas também não encaixaram. Depois dos 30 minutos, o time cresceu e voltou a dominar o jogo. Aos 33, poderia ter aberto o placar, não fossem as furadas de Vinícius e Gilberto, e a defesa de César em chute de Élber. Antes do apito final, Arão, livre na área, teve a chance de sair como herói, mas não acertou a cabeçada. Faltou mais eficiência para que as redes fossem balançadas nesta noite em Salvador.
Agora é o Bahia que vem com tudo e César evita o gol, aos 34 do 2º tempo
Agora é o Bahia que vem com tudo e César evita o gol, aos 34 do 2º tempo

Fonte:Globoesporte.com




















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados