quarta-feira, 13 de junho de 2018

SBT envia duas novas novelas mexicanas para dublagem

Felipe Brandão

Ana Brenda Contreras protagoniza "A Mulher Que Não Podia Amar" (Imagem: Divulgação / Televisa)
Engana-se quem pensa que o fracasso de títulos recentes como "Amanhã é Para Sempre", "O Que A Vida Me Roubou" e "Um Caminho Para o Destino" desanimou o SBT a continuar investindo em folhetins mexicanos para sua grade vespertina.
O canal de Silvio Santos enviou para dublagem no estúdio carioca Rio Sound mais duas tramas inéditas do catálogo da Televisa: "Qué Pobres Tan Ricos" ("Que Pobres Tão Ricos") e "La Que No Podía Amar" ("A Mulher Que Não Podia Amar").
A primeira é uma comédia romântica produzida por Rosy Ocampo ("A Feia Mais Bela" e "Por Ela Sou Eva") em 2013, com 166 capítulos, e centrada nas confusões de uma família de milionários falidos que são obrigados a conviver na mesma casa com outro clã, de origem humilde, mas em ascensão. Zuria Vega, estrela de "Mar de Amor", protagoniza junto com Jaime Camil ("Jane, the Virgin").
Já "La Que No Podía Amar" é um intenso dramalhão rural de 163 episódios, que traz a protagonista de "Coração Indomável", Ana Brenda Contreras, na pele de Ana Paula, uma enfermeira jovem e de forte temperamento que consegue emprego como cuidadora de Rogério (Jorge Salinas), um fazendeiro autoritário e amargurado por ter ficado confinado a uma cadeira de rodas após um grave acidente. Apesar do choque de gênios inicial, aos poucos os dois acabam se apaixonando.
Embora não haja confirmação, uma delas provavelmente será destinada no segundo semestre à vaga atualmente ocupada por "Amanhã é Para Sempre" nas tardes do SBT. "La Que No Podía Amar", inclusive, também é cotada para substituir a reprise de "Coração Indomável".

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog