sexta-feira, 30 de março de 2018

Acidente com dois ônibus escolares no interior de Alagoas completa um ano e ninguém foi responsabilizado



A colisão entre dois ônibus escolares que matou seis estudantes e deixou mais de 40 feridos na AL-110, completa um ano neste sábado (30). No entanto, as causas ainda não foram esclarecidas porque o Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) e a Polícia Civil divergem sobre ao que teria provocado o acidente.

Em agosto do ano passado, a promotora Viviane Karla devolveu à Polícia Civil o inquérito porque tem dúvidas se realmente foi o motorista que teria causado a colisão, uma vez que ele estava com problemas de saúde.
Segundo a promotora depoimentos de alguns sobreviventes não condizem com essa informação. Eles contaram que a causa do acidente foi um trator que estava na pista sem a devida sinalização. Com o objetivo de esclarecer as dúvidas, o MP instaurou um novo inquérito na semana passada.
"No momento que eu instaurei esse inquérito eu pude ouvir outras pessoas que não foram ouvidas pelo delegado de polícia e elas também dão conta dessa notícia, de que existia essa máquina e, agora as investigações buscam saber de quem era esse equipamento", disse a promotora.

Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog