quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Após recusa, prefeito de Valparaíso assina documento de cassação do mandato



Na tarde desta quarta-feira (28), o prefeito de Valparaíso (SP), Roni Ferrarezi (PV), assinou o documento de cassação do mandato em uma reunião fechada na Câmara de Vereadores.

Ele teve o mandato cassado na última sexta-feira (23), por oito votos a três, após a conclusão do relatório que apontou a participação do ex-prefeito em um suposto esquema de fraude em licitação.
"Eu vou consultar pessoas diretamente ligadas a mim, respeitando também a decisão da minha familia, para na sequência nos reunirmos para decidir qual será o melhor caminho a ser adotado, como recorrer ou não da decisão", afirma Ferrarezi.
A denúncia contra ele foi feita por um ex-secretário da Indústria, Comércio e Administração da gestão do prefeito suspeito de participar de um esquema de fraude em licitações.
Com a cassação de Ferrareze, quem deve assumir a prefeitura é o vice-prefeito Lucio de Lima (MDB). A data da posse não foi informada.
Na noite de terça-feira (27), o então prefeito Roni Ferrarezi se recusou a assinar o documento que oficializa a perda de seu mandato. Foram registrados dois boletins de ocorrência de ambas partes e o caso será investigado pela polícia.
Prefeito de Valparaíso, Roni Ferrarezi (PV), assinou documento de casação (Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo)Prefeito de Valparaíso, Roni Ferrarezi (PV), assinou documento de casação (Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo)
Prefeito de Valparaíso, Roni Ferrarezi (PV), assinou documento de casação (Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo)

Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados