sexta-feira, 30 de junho de 2017

Desencantou! Sheik marca no fim e coloca Ponte em vantagem contra Sol de América

Desencantou! Sheik marca no fim e coloca Ponte em vantagem contra Sol de América


Emerson Sheik já tinha feito de tudo um pouco pela Ponte Preta: assistência, canetas aos montes, carrinhos, usado a experiência para ganhar tempo. Faltava apenas o gol para cair de vez nas graças dos alvinegros. Não falta mais nada. Como sempre gostou de fazer ao longo da carreira, guardou o melhor para o momento mais decisivo.

Em uma partida amarrada contra o paraguaio Sol de América, nesta quinta-feira, a estrela do veterano de 38 anos brilhou aos 44 minutos do segundo. Com um chute de fora da área, ele garantiu a suada vitória por 1 a 0 no Majestoso e colocou a Macaca em vantagem na segunda fase da Sul-Americana.
Melhores momentos de Ponte Preta 1 x 0 Sol de América pela Copa Sul-Americana
O resultado permite a Macaca jogar pelo empate no duelo da volta, em 26 de julho, em Assunção, no Paraguai, além de perder por um gol de diferença a partir de 2 a 1 - por conta do gol fora de casa. Se o Sol de América devolver o placar por 1 a 0, a definição vai para os pênaltis.
Antes, a Ponte volta as atenções para o Brasileirão. No domingo, o adversário será o vice-lanterna Avaí, às 19h, na Ressacada. Após a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras no último domingo, a Macaca busca a reabilitação para não perder terreno na tabela.
Partida no Majestoso foi truncada e de baixo nível técnico  (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)Partida no Majestoso foi truncada e de baixo nível técnico  (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)
Partida no Majestoso foi truncada e de baixo nível técnico (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)
O JOGO
A Ponte tomou a iniciativa do jogo. O começo até foi promissor, com Cajá e Sheik participativos e boas jogadas, principalmente pela esquerda, mas o time pecava no último passe. Por isso, levou perigo apenas duas vezes, em lances individuais de Lins e Claudinho que pararam no goleiro Silva.
Nem as 12 cobranças de escanteio ajudaram a Macaca a tirar o zero do placar. Quando encaixou a marcação, o Sol de América equilibrou as ações e tentou surpreender nos contra-ataques, sem sucesso.
Os paraguaios catimbaram, ganharam tempo a cada cobrança de lateral, tiro de meta, escanteio e falta, mas também jogaram. Velázquez, após cruzamento, e Franco, em contra-ataque, colocaram Aranha para trabalhar no início da etapa final, dominado pelos visitantes.
A Macaca demorou para acordar, tanto que só foi assustaraos 21 minutos, quando Elton arriscou de longe. Rodrigo, logo na sequência, também teve a chance de marcar ao desviar cobrança de falta. A Ponte seguiu tentando, sem nenhuma inspiração coletiva.
Mas Sheik ainda estava em campo e guardou o melhor para o fim. Em bomba da entrada da área, ele conseguiu, enfim, superar o ferrolho paraguaio e deixar a Macaca em vantagem para a partida da volta.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados