segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Unidos da Coloninha é bicampeã do Carnaval de Florianópolis em 2017

Escola Unidos da Coloninha comemora o bicampeonato na Nego Quirido (Foto: Edivaldo Dondossola/RBS TV)Escola Unidos da Coloninha comemora o bicampeonato na Nego Quirido (Foto: Edivaldo Dondossola/RBS TV)
Com 269,3 pontos, a escola de samba Unidos da Coloninha foi premiada nesta segunda-feira (27) como a grande vencedora do Carnaval de Florianópolis, superando outras cinco concorrentes do Grupo Especial. A apuração que começou às 14h na Passarela Nego Quirido e terminou pouco depois das 15h.
A Copa Lord foi a vice-campeã, com 0,6 ponto de diferença.  Em terceiro lugar ficou a Consulado, com 268,5 pontos.
Veja a classificação:
1 - 269,3 Coloninha
2- 268,7 Copa Lord
3- 268,5 Consulado
4 - 267,2 Protegidos da Princesa
5-  265,6 Guarani
6 - 264,1 Dascuia
Apuração do desfile foi na tarde desta segunda-feira (27) (Foto: Edivaldo Dondossola/RBS TV)Apuração do desfile foi na tarde desta segunda-feira (27) (Foto: Edivaldo Dondossola/RBS TV)
Desfile das campeãs
As campeãs desfilam na terça-feira (28), a partir das 22h, na passarela Nego Quirido, no Centro da capital. A orientação é que as pessoas que estiveram no desfile de sábado levem o canhoto para que possam entrar na Passarela Nego Quirido. Também serão vendidos ingressos na sede da Liesf, a R$ 40.
Avaliação
O presidente da Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf), Joel Costa Júnior, destacou a vitória de todas as escolas em um ano de crise e de falta de recursos do poder público. "Que seja um divisor de água, o principal dos temos, nossa animação, nosso povo", declarou à rádio CBN Diário.
O secretário municipal de Turismo, Vinicius de Lucca Filho, afirmou que o modelo futuro para o carnaval de Florianópolis é o subsídio pela privada. " A intenção é essa, não investir recursos municipais, o carnaval tem que ser transformado num produto, a gente tem que conseguir envelopar esse produto. está nos planos da prefeitura trabalhar de uma forma mais profissional para que nos próximos anos a gente consiga fazer tudo com mais tempo, mais calma", declarou à CBN Diário.
Segundo o secretário, a ideia é que o carnaval comece a ser preparado cada vez mais cedo. "Na quarta-feira de cinzas vamos iniciar o planejamento do carnaval 2018."
Unidos da Coloninha foi a penútilma a desfilar em Florianópolis (Foto: Reprodução RBS TV)Unidos da Coloninha foi a penútilma a desfilar em Florianópolis (Foto: Reprodução RBS TV)
Partipantes
Seis escolas de samba trouxeram cores e animação ao público das arquibancadas. Os sambas-enredo abordaram temas como tradições, cinema, invenções e mitos.
A escola de samba Unidos da Coloninha fez alusão a invenções que se destacaram na história. Com o título “A Coloninha teve uma boa ideia. Salve todos os inventores e suas mentes brilhantes”, chamou atenção do público para  colorido e alegria dos participantes. Com 20 alas e 1,6 mil componentes e três alegorias.
Desde a comissão de frente, formada por alquimistas até  a bateria, cujos integrantes estavam com a fantasia de inventores da música, a escola deixou claro que estava com a disposição de quem briga pelo bicampeonato e pelo 9° título.
Alegoria' Fantástico na Ilha de Santa Catarina', a primeira do Consulado (Foto: Edsoul/RBS TV)Alegoria' Fantástico na Ilha de Santa Catarina', a primeira do Consulado (Foto: Edsoul/RBS TV)
A escola de samba Consulado apresentou o enredo "Mô quirido... aqui é o meu lugar!", que trata sobre lendas da Ilha de Santa Catarina, como bruxas, lobisomens e boi de mamão. O carnavalesco foi Raphael Soares. A escola se apresentou com 1,2 mil componentes, 21 alas e três alegorias.
Intérprete oficial da escola Os Protegidos da Princesa, Alan Cardozo (Foto: Edsoul/RBS TV)Intérprete oficial da escola Os Protegidos da Princesa, Alan Cardozo (Foto: Edsoul/RBS TV)
Os Protegidos da Princesa levaram para a avenida o enredo "Arapaço, o mito do povo cobra", que contou sobre a tribo arapaço, da região da Amazônia. O carnavalesco foi Willian Tadeu. A escola se apresentou com 15 alas e uma alegoria. A agremiação não informou o número de componentes.
Nação Guarani apresenta carro alegórico na Passarela Nego Quirido na madrugada deste domingo (26) (Foto: Edsoul/RBS TV)Nação Guarani apresenta carro alegórico na Passarela Nego Quirido na madrugada deste domingo (26) (Foto: Edsoul/RBS TV)
A Nação Guarani, de Palhoça, cidade na Grande Florianópolis, teve como  enredo "Guarani, sou teu povo... sou nação... é o mito da criação nos montes de Areguá", que falou sobre a criação do mundo na visão dos indígenas guaranis. Os carnavalescos foram Raphaela Perrut e Marcio Schutz.

A escola se apresentou com 1,2 mil componentes, 18 alas e duas alegorias.
Durante o desfile, a escola excedeu 32 segundos do tempo-limite. Além disso, houve um problema no tripé usado na comissão de frente. As rodas não suportaram o peso e cederam. Mesmo assim, o setor conseguiu atravessar a avenida sem grande problemas.
Casal de mestre-sala e porta-bandeira da Embaixada Copa Lord na Passarela Nego Quirido, em Florianópolis (Foto: Edsoul/RBS TV)Casal de mestre-sala e porta-bandeira da Embaixada Copa Lord na Passarela Nego Quirido, em Florianópolis (Foto: Edsoul/RBS TV)
O desfile da Embaixada Copa Lord teve o samba-enredo que a fez campeã em 1996, pois no sábado (25), a agremiação completou 62 anos de fundação.
O enredo foi "Eu sou filho do batuque, neto do Abatá-kotô", sobre os povos africanos forçados a deixar o continente por causa da colonização europeia. A comissão de carnaval e enredo foi formada por Anderson Oliveira, Fátima Costa de Lima e Leonardo Beserra. Foram 1.259 componentes, 23 alas e dois carros alegóricos.
  •  
O verde e rosa da Dascuia ganhou a avenida ao encerrar o desfile na capital (Foto: Edsoul/RBS TV)O verde e rosa da Dascuia ganhou a avenida ao encerrar o desfile na capital (Foto: Edsoul/RBS TV)
O desfile da Dascuia teve como enredo a história de um filme  produzido e concluído em Florianópolis, "O preço da Ilusão". O carro abre-alas teve problemas, pois se deslocava apenas para a direita, mas a situação foi consertada durante a apresentação. Além disso, a primeira porta-bandeira desmaiou, em razão da fantasia fechada usada em um dia de calor.

Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados