quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Rooney sangra, Schweinsteiger volta, Ibra dá show, e United segue na Copa

rooney com sangue no rosto, manchester united x west ham (Foto: Reuters / Phil Noble)Rooney sofreu um corte no rosto, mas estancou o sangramento e voltou (Foto: Reuters / Phil Noble)
A frase "United with Chapecoense" ("Unidos pela Chapecoense", em inglês) e o minuto de silêncio respeitado antes de rolar a bola emocionaram o Old Trafford na noite desta quarta-feira. Uma linda homenagem, e um jogo que fez jus à ela - ao menos no ponto de vista dos torcedores do United. Com show de Ibrahimovic, retorno de Schweinsteiger depois de oito meses e Wayne Rooney sangrando, os comandados de Jose Mourinho derrotaram o West Ham por 4 a 1 e se classificaram para as semifinais da Copa da Liga. O adversário será o Hull City.
Autor de dois gols, Ibrahimovic foi o nome do jogo. Anthony Martial também marcou dois, mas o sueco criou inúmeras oportunidades servindo seus companheiros e incomodou bastante a defesa adversária. O autor do gol do West Ham foi Fletcher, depois de boa jogada do francês Payet. Schweinsteiger, que não jogava uma partida oficial pelo United desde o dia 20 de março (1 a 0 sobre o Manchester City) retornou e fez sua estreia sob o comando de Mourinho. Em poucos minutos no campo, deu um chute a gol e foi aplaudido pela torcida.
Além do United, também passaram de fase o Liverpool, o Hull City e o Southampton - esse último eliminou o Arsenal nesta quarta-feira. Um sorteio realizado logo após a partida definiu que os duelos serão Liverpool x Southampton e Manchester United x Hull City. O primeiro jogo será no dia 9 de janeiro do ano que vem.
homenagem chapecoense, manchester united x west ham (Foto: Reuters / Phil Noble)Em homenagem à Chapecoense, um minuto de silêncio foi respeitado antes da partida  (Foto: Reuters / Phil Noble)
O próximo compromisso das equipes é no final de semana, pela 14ª rodada do Campeonato Inglês. No sábado, o West Ham enfrenta o Arsenal, às 15h30 (de Brasília), no Estádio Olímpico de Londres. No domingo, é a vez do Manchester United encarar o Everson, às 14h, no Goodison Park.
O JOGO
O Manchester United não deixou sequer o West Ham respirar. Aos 2 minutos de jogo, Ibrahimovic recebeu bom passe dentro da área e só teve o trabalho de tirar do goleiro Adrián para abrir o placar - o sueco ainda ficou sentindo dores por conta da dividida, mas voltou ao jogo. Rooney quase ampliou em cobrança de falta antes do adversário começar a gostar do jogo. Sob a batuta de Payet, veio o empate. O francês recebeu uma bola na esquerda, avançou e experimentou de fora da área. De Gea espalmou para frente, e o jovem Ashley Fletcher, de apenas 21 anos, completou no rebote. 
O susto terminou no segundo tempo, dominado do início ao fim pelo United. Com Payet muito bem anulado e um entrosamento para lá de afinado, os comandados de Mourinho definiram a vitória em casa. E com dois gols de Martial. O primeiro escorando um cruzamento de Mkhitaryan (aos 38 minutos), e o segundo completando um passe de Valencia (aos 17). Em ambos os lances, a equipe chegou ao gol com passes de pé em pé, envolvendo o adversário. Rooney, que tenta se tornar o maior artilheiro da história do clube - faltam dois gols para isso -, quase deixou o seu em cruzamento de Ibra, mas acabou ganhando apenas uma solada no rosto. O golpe rendeu um corte no rosto do atacante, mas o sangramento foi estancado fora do campo, e ele continuou até o fim.
gol de ibrahimovic, manchester united x west ham (Foto: Reuters / Jason Cairnduff)Ibrahimovic comemora seu segundo gol, o quarto do Manchester United na partida (Foto: Reuters / Jason Cairnduff)
O duelo ainda marcou o retorno de Schweinsteiger: o alemão entrou aos 41 minutos no lugar de Martial e chegou, inclusive, a acertar uma finalização perigosa no fim da partida. No minuto final, Ibrahimovic aproveitou a bela jogada de Ander Herrera e, dentro da pequena área, marcou o quarto e deu números finais à goleada.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados