domingo, 31 de julho de 2016

Corinthians vence por 1 a 0 no Beira-Rio, afunda Inter e pressiona Palmeiras

Inter e Corinthians entraram em campo neste domingo, no Beira-Rio, com ambições bem distintas. O Colorado tinha em vista três pontos vitais para estancar a crise, e o Timão fitava com brilho nos olhos a chance de tomar a ponta do rival Palmeiras. Prevaleceu a organização e a superioridade de quem briga pela liderança. Com gol de Elias, em seu retorno de lesão, os paulistas venceram por 1 a 0, pela 17ª rodada do Brasileirão.

Com a derrota em casa, o Inter chega a nove jogos sem vencer e amarga a 13ª colocação, com 21 pontos. Longe, bem longe da crise, o Corinthians é líder momentâneo do Brasileirão, com 33 pontos – o Palmeiras, com 32, pode retomar o posto se bater o Botafogo, às 18h30. O Colorado volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h, para encarar o Cruzeiro, no Estádio Independência, pela 18ª rodada. Antes, na quarta-feira, às 21h45, o Timão duela com o Atlético-PR, na Arena da Baixada.
Elias Artur Inter x Corinthians Internacional Beira-Rio (Foto: Ricardo Duarte/Inter)Elias anotou o gol da vitória do Timão sobre o Inter (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

Inter e Corinthians iniciaram o jogo esbanjando nervosismo nas trocas de passes e ao progredir rumo ao ataque – prova disso são os 42 passes errados da primeira etapa. Desorganizadas, as duas equipes custaram a levar perigo aos goleiros. O primeiro a trabalhar foi Cássio, aos 24, quando valdívia recebeu de Ariel dentro da área e chutou forte, para  uma defesa de "manchete". A resposta corintiana foi bem mais efetiva. Aos 41, o Timão chegou pela direita, após cobrança de lateral. Romero atraiu grande parte da defesa colorada e cruzou na medida para Elias, que surgiu livre, e abriu o placar.
Em necessidade vital de esboçar uma reação, Falcão ousou para a segunda etapa: sacou Vitinho e Valdívia para os ingressos de Eduardo Sasha e Nico López, e armou a equipe no 3-5-2. O uruguaio, em sua tão esperada estreia, mudou a cara da equipe e a tornou mais incisiva, com arrancadas em velocidade e dribles, sempre procurando o centroavante Ariel. Do outro lado, o Timão explorou bem os espaços dados pela defesa colorada, mesmo com três zagueiros. Contra um adversário pouco organizado em campo e com muitos erros de passe, o Corinthians não passou por apertos para selar a vitória.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados