sábado, 19 de outubro de 2019

Hubble registra ‘batalha celestial’ a 200 milhões de anos-luz

O momento flagra uma grande batalha celestial, que abrange bilhões de quilômetros e com forças gravitacionais enormes geradas por uma galáxia vizinha.
Essa força de gravidade teria torcido os braços de uma galáxia espiral, gerando explosões estelares, conforme cita o tabloide Daily Mail.
A NGC 7714 é uma galáxia espiral localizada a 100 milhões de anos-luz da Terra, o que a torna um vizinho próximo em termos astronômicos. Além disso, a NGC 7714 tem uma má relação com a vizinha NGC 7715, que é uma galáxia menor.
Rudy Pohl, um astrofotógrafo amador, ganhou seu segundo prêmio NASA Astronomy Picture of the Day (APOD) por ter atribuído diferentes cores a uma fotografia “granulada” captada pelo telescópio Hubble.
​Batalha galáctica capturada pelo telescópio Hubble, enquanto uma galáxia é destruída. 
A foto mostra o momento em que as duas galáxias colidem entre 100 e 200 milhões de anos atrás, quando começaram sua transformação, fazendo com que surgissem um anel e duas longas caudas de estrelas, criando uma conexão entre as duas galáxias.
Essa conexão funcionaria como um duto, que canaliza materiais da galáxia menor para sua vizinha, alimentando a formação estelar concentrada no centro galáctico brilhante.
A galáxia NGC 7714 foi descoberta pelo astrônomo John Herschel em 18 de setembro de 1830.
Fonte:Fala Guarulhos e  Sputnik

Um comentário:

  1. I enjoyed reading your blog its quite interesting! Seeking for dispensaries worry no more!
    Wonderful Blog! satta king
    Thank for sharing but may also work in your like commercially.
    Ask your dealer for a aggressive offer for a provided service that includes web site style, growth and hostingSatta king
    satta King

    ResponderExcluir

Arquivo do blog