domingo, 12 de agosto de 2018

Com dois de Ricardo Oliveira, Galo vence com autoridade no Horto e coloca o Santos no Z-4

Atlético-MG e Santos entraram em campo no Independência, na manhã do dia dos pais, pressionados e com números ruins após a Copa do Mundo. O Galo precisava da vitória para se manter no G-6, enquanto o Peixe luta contra a zona de rebaixamento. O jogo começou animado, com um belo gol de Elias aos sete minutos do primeiro tempo. O Santos empatou rápido, com Gabriel, aos 26. No segundo tempo, apareceram o artilheiro e a "lei do ex". Ricardo Oliveira marcou duas vezes para matar o jogo para o Alvinegro de BH.

PRIMEIRO TEMPO
O horário de 11h geralmente combina com um clima quente. Foi assim que o jogo começou: fervendo! Jogando em casa, o Atlético-MG partiu pra cima e abriu o placar com Elias, aos oito minutos, aproveitando bom passe de Tomás Andrade e chutando bem, com força, no canto de Vanderlei. O Galo recuou muito após o gol marcado, e o Santos começou a gostar do jogo. Não deu outra: aos 26, após linda jogada de Rodrygo e boa assistência de Bruno Henrique, Gabriel empatou. O placar (1 a 1) se manteve até o apito que finalizou a primeira metade da partida.

SEGUNDO TEMPO
O Atlético-MG voltou mudado para a etapa final: Cazares entrou na vaga de Tomás Andrade. O equatoriano não demonstrou muito nos primeiros minutos em campo, mas é muito talentoso e, em uma bola, resolveu. Fez jogada individual pela esquerda, driblou Victor Ferraz com muita categoria e cruzou na medida pra Ricardo Oliveira. O centroavante foi perfeito no cabeceio que recolocou o Galo na frente (aos 25) e voltou a aparecer muito bem no último ataque do jogo, aos 49, aproveitando bom passe de Luan (que também entrou na etapa final) e batendo por cima de Vanderlei, com categoria, pra matar o jogo. Vitória atleticana.


ELA NÃO FALHA!
A "lei do ex" é uma das mais implacáveis do futebol. Ricardo Oliveira, ex-atacante do Santos - e hoje no Galo -, provou isso neste domingo. Teve poucas chances no primeiro tempo, mas, na etapa final, mostrou o que sabe fazer. Com um cabeceio certeiro, pra baixo, matando o goleiro, e uma finalização perfeita, por cima de Vanderlei, o camisa 9 decretou a derrota do seu ex-clube. "Sou trabalho puro. Sou um cara de muita fé, não desisto nunca, jamais vou deixar de acreditar no meu potencial, no que sou capaz. Exercito o físico e o mental pra superar as dificuldades da idade. Ela não me afeta em nada" - disse o centroavante após o jogo.
Gol do Atlético-MG! Luan avança e rola para Ricardo Oliveira fazer com estilo aos 49 do 2º

O MOLEQUE É LISO!
Pelo lado do Santos, o destaque foi, mais uma vez, Rodrygo. O garoto - já vendido ao Real Madrid - fez mais uma boa partida e foi responsável pela grande maioria das jogadas de perigo do Peixe no jogo. O principal lance foi o do gol santista (veja no vídeo). Rodrygo fez linda jogada pela direita, deixou Zé Welison na saudade e bateu cruzado. A bola explodiu na defesa atleticana e caiu para Bruno Henrique, na esquerda. Ele ajeitou para Gabriel, bem posicionado, marcar. No intervalo, Gabriel deu o recado: "Nosso time tem muita qualidade. Rodrygo tem habilidade, Bruno (Henrique) tem velocidade. Para um centroavante como eu fica mais fácil".
Gol do Santos! Rodrygo faz jogada na área e Gabriel manda para as redes com 26´ do 1ºtempo

OUTROS DESTAQUES: ELIAS E A TORCIDA
Além de Ricardo Oliveira, protagonista do jogo, Elias também merece destaque. Apesar de criticado por parte da torcida atleticana, fez uma grande partida. Colaborou na marcação e foi indispensável no ataque. Fez o gol que abriu o placar, deu um belo passe para Ricardo Oliveira na etapa inicial (a bola explodiu na trave) e chegou bem em outras ocasiões. Levou o terceiro amarelo e não enfrenta o Botafogo na próxima rodada. A torcida atleticana também foi destaque. Lotou o Independência e apoiou do início ao fim. Ricardo Oliveira, após a partida, destacou: "Ressaltar o apoio do torcedor, que compareceu em massa. A gente sabia que estava em dívida com eles. Vieram, incentivaram, cobraram, faz parte da história desse clube. Demos pra eles um ótimo domingo, uma vitória importante".

Fonte:Globoesporte.com



















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog