domingo, 12 de agosto de 2018

Carol Castro conta como o pai a inspirou a seguir carreira artística

Fábio Almeida

Carol Castro falou sobre início da carreira e como seu pai foi inspiração. (Imagem: Reprodução/ TV Globo)
Carol Castro falou sobre início da carreira e como seu pai foi inspiração (Imagem: Reprodução / Globo)
Para comemorar o Dia dos Pais, Carol Castro contou um pouco sobre sua trajetória e como o pai, Luca de Castro, a influenciou a seguir a carreira de artista.
"Eu me vejo desde pequena acompanhando meu pai sempre em ensaio, peça de ensaio, gravação de TV, filmagem de cinema", revelou a atriz ao "Vídeo Show", da Globo.).
Luca também falou da relação com a filha quando criança. "A Carol foi morar uma época em Natal e a gente se via assim nas férias. Aí um dia ela quis morar comigo durante um ano e eu estava fazendo um evento chamado 'Terror na Praça', aí eu tinha que ir para ensaio. Eu levei a Carol",afirmou.
"Um dia ela viu o filho da Sandra Barsotti em cena, que tinha a idade dela, nove anos. Ela falou: 'Pai, você falou que era só adulto'. Eu perguntei: 'Você quer fazer?'. Ela disse que queria. Impressionante, o bichinho do teatro a contaminou", acrescentou o ator.
Carol Castro lembrou também do espetáculo que fez com ele, mas que teve problema com o Juizado de Menores e outros entraves. "Eu falei tanto, fui tão tinhosa que eles deixaram eu fazer a peça [Terror em Copacabana]. E ainda bem que eles deixaram eu fazer, porque o produtor de elenco Luiz Antonio Rocha foi assistir, me viu em cena e me chamou para fazer 'Mulheres Apaixonados' (2003)", disse a artista.
"Eu até tentei fazer outra coisa, cheguei a tentar cursar Jornalismo. Eu não me identifiquei, eu estava sentindo falta de uma arte, do palco", completou Castro, que já contracenou com o pai nas novelas "Bang Bang" (2005) e "Profeta" (2006).

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog