quarta-feira, 11 de julho de 2018

Globo deve privilegiar autores de “Novo Mundo” em fila das 18h

Trama na qual Benedito Ruy Barbosa supervisiona filha e neto perde lugar na fila das 18h (Imagem: Divulgação / Globo)
Ao que tudo indica, a Globo deverá mudar, em breve, a fila do horário das 18h. Após “Orgulho e Paixão”, de Marcos Bernstein, a faixa irá abrigar “Espelho da Vida”, de Elizabeth Jhin, e “Filhos da Terra”, de Duca Rachid e Thelma Guedes. O que virá na sequência ainda é uma incógnita. Ou não.
Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, “O Arroz de Palma”, adaptação de Bruno Luperi e Edmara Barbosa para a obra de Francisco Azevedo, cotada para o segundo semestre de 2019, deve perder o posto para uma nova história de Alessandro Marson e Thereza Falcão, responsáveis por “Novo Mundo” (2017).
Apesar dos pesares, "P Arroz de Palma" segue em desenvolvimento. Os autores, supervisionados por Benedito Ruy Barbosa, continuam trabalhando nos capítulos; Carlos Araújo, de “Velho Chico” (2016) e “Os Dias Eram Assim” (2017), deve responder pela direção artística.
Já o projeto de Alessandro e Thereza, ainda sem título definido, contará com Vinícius Coimbra à frente da equipe. Também para o horário das 18h, a Globo já tem engatilhadas sinopses de Ângela Chaves – uma nova versão de “Éramos Seis” – e Emanuel Jacobina – “Dias Felizes”, ambientada nos anos 1950.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog