sábado, 30 de junho de 2018

“Vencemos pelo talento”, dispara Solange Almeida sobre época no Aviões do Forró

Pedro Bial conversa Joelma e Solange Almeida (Imagem: Globo / Ramón Vasconcelos)
No último "Conversa com Bial" da série sobre o ritmo das festas juninas, nesta sexta-feira (29), Pedro Bial recebeU Solange Almeida e Joelma, divas do forró na atualidade.
Baiana e paraense, respectivamente, as duas enfrentaram o preconceito de diversas formas – seja pela origem, pela estética e até mesmo por serem mulheres – e encararam mais um desafio ao lançarem suas carreiras solo depois de anos liderando grupos de sucesso.
Ex-vocalista do Aviões do Forró, Sol não desanimava quando as dificuldades apareciam. “Recebi muitos nãos. Logo no começo, minha primeira banda de baile foi em 1987, existia muito preconceito com o meu tipo de voz, que é mais grave. E as cantoras daquela época tinham vozes mais agudas. Depois, com o Aviões, eu estava com mais de 100 quilos e, na época, as bandas em evidência eram com mulheres bem sensuais, com roupas bem nuas, com corpos perfeitos. Nós fugíamos completamente do que estava ali e vencemos pelo talento”, comemora a cantora.
A trajetória de Joelma se desenhou de uma forma diferente. Menina que adorava dançar em frente ao espelho e que sonhava ser advogada, não resistiu à insistência de um amigo que fazia apresentações em barzinhos e decidiu cantar com ele. “Entrei nisso por diversão. E quando eu ia para o lado da música, tudo dava certo. Quando eu saía, minha vida não andava. Quando completei 23 anos, disse: é agora ou nunca. Embarquei nisso e deu tudo certo”, reflete a paraense.
Amigas e parceiras no palco, as duas revelam um desejo que ainda está latente: a maternidade. Tanto Joelma, mãe de três filhos, como Sol, mãe de quatro, têm a intenção de engravidar mais uma vez. “A gente trabalhou pra caramba, agora tá mais descansada, vai dar pra curtir mais o filho”, explica Joelma.
Toda essa disposição e convicção renderam a elas o título de “donas da porra toda”, que é também nome de uma música de Solange. É ela, aliás, quem explica o significado dessa expressão: “É essa forma de estar sempre pensando no melhor, em coisas boas, postando fotos, me sentindo bem, com maquiagem ou não. Pensando que nada consegue abalar você, por maior que seja o problema”.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog