sexta-feira, 29 de junho de 2018

Em replay do primeiro treino, Hamilton lidera dobradinha da Mercedes na Áustria

Em replay do primeiro treino, Hamilton lidera dobradinha da Mercedes na Áustria
Reuters



Deu Mercedes de novo em Spielberg. Assim como no primeiro treino livre, a equipe tetracampeã mundial de pilotos e construtores e líder do atual campeonato, fez dobradinha. Lewis Hamilton voltou a ser o mais rápido, com 1m04s579, e terminou 0s176 à frente do companheiro de equipe Valtteri Bottas. A marca de Hamilton foi 0s260 melhor do que o tempo estabelecido por ele próprio no treino pela manhã na Áustria.

Com um desempenho consistente, Sebastian Vettel levou a Ferrari ao terceiro lugar, com 1m04s815. Em dado momento, o alemão chegou a fazer o melhor segundo setor da pista, o que demonstra, pelo menos por enquanto, que a equipe italiana está mais próxima da Mercedes do que se esperava, levando em conta que o time alemão tem um pacote aerodinâmico novo no modelo W09 e a pista costuma ser favorável aos carros prateados - a Mercedes venceu as quatro corridas realizadas em Spielberg desde a volta ao calendário, em 2014.
Um pouco mais atrás ficaram os dois pilotos da RBR, com Daniel Ricciardo desta vez superando Max Verstappen. Mas na segunda sessão, os dois não se aproximaram tanto dos ponteiros como no primeiro treino. Discreto, Kimi Raikkonen fechou novamente o grupo das três equipes mais fortes da Fórmula 1 no momento, em sexto lugar.
Completaram o grupo dos dez mais rápidos no segundo treino, do sétimo ao décimo lugares, os dois pilotos da Haas, com Romain Grosjean à frente de Kevin Magnussen, além de Pierre Gasly (STR) e Stoffel Vandoorne (McLaren).

Resultado do segundo treino livre na Áustria

Resultado do segundo treino livre na Áustria (Foto: Reprodução/rede social)Resultado do segundo treino livre na Áustria (Foto: Reprodução/rede social)
Resultado do segundo treino livre na Áustria (Foto: Reprodução/rede social)

Mercedes domina desde o início

A Ferrari até que começou fazendo dobradinha com Raikkonen marcando 1m05s915 e, logo depois, 1m05s466, com pneus supermacios. Em seguida veio Vettel, com compostos macios, os menos aderentes do fim de semana, e superou Kimi, com 1m04s949.
Mas não demorou muito para Hamilton restabelecer a ordem vista mais cedo e assumiu o primeiro lugar com 18 minutos de treino ao marcar 1m04s579. Em seguida, Bottas tomou o segundo lugar de Vettel e ficou a 0s188 do companheiro de equipe, embora com pneus supermacios.
Bottas até melhorou um pouco, mas não ameaçou Hamilton, e os tempos quase não caíram na segunda metade do treino, que até teve ameaça de chuva não concretizada.

Festival de escapadas

Se a primeira prática foi mais tranquila, na segunda os pilotos buscaram mais o limite e houve um show de escapadas: Marcus Ericsson, Carlos Sainz e Kevin Magnussen, por exemplo, saíram da pista exatamente no mesmo ponto e tiveram de usar a faixa auxiliar de asfalto para não ficarem presos na caixa de brita.
Fernando Alonso, Kimi Raikkonen, Charles Leclerc, Romain Grosjean (duas vezes), Max Verstappen e Lewis Hamilton também deram suas saídas de pista, mas, em pontos nos quais a área de escape era asfaltada e, com isso, voltaram rapidamente ao traçado sem problemas.
Já Pierre Gasly causou a primeira bandeira vermelha no fim de semana, quando passou por cima de uma zebra após a penúltima curva e teve a suspensão dianteira esquerda quebrada. O francês conseguiu evitar uma batida, mas parou o carro na área de escape. A STR conseguiu fazer os reparos no carro, e Gasly voltou à pista a 20 minutos do fim do treino.

Alonso quase desmente própria frase

Na chegada a Spielberg, Fernando Alonso disse que a fase da McLaren não era tão ruim assim, porque, afinal de contas, "não somos os últimos". Pois bem, isso quase aconteceu nos dois treinos livres desta sexta-feira.
No primeiro treino, Alonso foi apenas o 17º colocado entre 20 pilotos, uma posição à frente de Stoffel Vandoorne. Já na segunda prática, o bicampeão mundial foi o penúltimo, a 1s8 do primeiro lugar. Apenas Lance Stroll, com o terrível carro da Williams, foi pior. Definitivamente não é "exagero da mídia"...

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog