sexta-feira, 18 de maio de 2018

Com sete gols, três de Jadson, Corinthians goleia e se classifica na Libertadores

Com três gols de Jadson e dois de Júnior Dutra, o Corinthians venceu o Deportivo Lara por 7 a 2 na noite desta quinta-feira, no estádio Metropolitano, em Cabudare, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecedência. Sidcley e Romero – um golaço de voleio, o quinto da partida – completaram a goleada corintiana na Venezuela.

O QUE FALTA
A última rodada do Grupo 7 acontece na próxima quinta-feira: em sua arena, o Corinthians recebe o Millonarios, que também nesta quinta, na Colômbia, empatou em 1 a 1 com o Independiente; ao mesmo tempo, o time argentino enfrenta o Lara em Avellaneda.

Para confirmar a primeira colocação do grupo, o Corinthians joga por um empate contra o Millonarios – até um derrota, dependendo do placar, pode servir para o Timão.

JADSON-TRICK
Com os três gols marcados na Venezuela, Jadson chegou a oito no ano, sendo cinco na Libertadores. Foi a primeira vez que o meia foi três vezes para as redes num mesmo jogo pelo Timão. O camisa 10 também voltou a bater um pênalti depois de duas cobranças desperdiçadas, contra Ponte Preta e Palmeiras.
ARREMESSO À ÁREA
Antes da cobrança do pênalti do segundo gol corintiano, uma garrafa voou da arquibancada onde estava parte da torcida do Lara e explodiu no travessão. Um dos estilhaços acertou a cabeça de Curiel, que teve de ser atendido pelos médicos. O goleiro recebeu a ajuda de Balbuena e do árbitro Andres Cunha para recolher os cacos de vidro espalhados pela pequena área. O jogo ficou parado por quatro minutos.

Depois do intervalo, quando Cássio para aquele lado do campo, os torcedores continuaram arremessando objetos em direção à pequena área – pareciam pedras. O goleiro corintiano reclamou insistentemente com a arbitragem até a partida ser parada por mais de 10 minutos. Enquanto o delegado da Conmebol ameaçava interromper a partida, os jogadores do Lara foram ao alambrado pedir calma à torcida local.

PRIMEIRO TEMPO
O Lara foi ao ataque nos primeiro minutos. Reyes finalizou três vezes, a mais perigosa aos 9. No minuto seguinte, Pedrinho puxou contra-ataque, e Jadson abriu o placar para o Corinthians (0x1), que passou a controlar a partida. Aos 31, após pênalti sofrido por Rodriguinho, Jadson aumentou a vantagem (0x2). Mas o Timão parou e voltou a ser pressionado nos últimos dez minutos. Aos 45, Reyes recolocou os donos da casa no jogo (1x2).
SEGUNDO TEMPO
Antes que pudesse correr qualquer risco na etapa final, o Corinthians fez o seu terceiro gol logo aos 6 minutos, novamente com Jadson (1x3). E o jogo perdeu ritmo, até por causa do mau comportamento de parte da torcida venezuelana. Aos 25, Sidcley aumentou ainda mais a vantagem alvinegra (1x4). Nem o gol de Jesús Hernández para o Lara, aos 32 (2x4), colocou em risco a classificação brasileira, já que Romero, aos 40, e Junior Dutra, aos 54 e 56, deram números finais ao placar (2x7).
No domingo, às 16h (de Brasília), o Corinthians enfrenta o Sport na Arena de Pernambuco pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Ao deixar a Venezuela para voltar ao Brasil, a delegação alvinegra vai direto para Recife, onde desembarca na noite de sexta-feira.

fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog