terça-feira, 15 de maio de 2018

Após 16 anos de Fórmula 1, Felipe Massa anuncia que correrá na Fórmula E

Após 16 anos de Fórmula 1, Felipe Massa anuncia que correrá na Fórmula E

Foram 16 temporadas ligado à principal categoria do automobilismo mundial. Após deixar a Fórmula 1 no fim de 2017, Felipe Massa anunciou nesta terça, pelas redes sociais, que disputará a Fórmula E na próxima temporada, que começa no fim de 2018. O piloto de 37 anos asssinou com a equipe Venturi.
- Fala galera, estou muito feliz em anunciar que hoje dou início a uma nova fase na minha carreira, eu acabo de assinar com a equipe @VenturiGP para correr a próxima temporada da @FIAFormulaE. É um momento muito especial para mim e queria dividir com todos voces - postou o piloto.
Na Fórmula 1, Massa disputou 269 GPs pelas equipes Sauber, Ferrari e Williams. Venceu 11 vezes, fez 16 pole positions e foi vice-campeão mundial em 2008, perdendo o título para Lewis Hamilton por apenas um ponto.
Felipe Massa disputou 269 GPs na F1 e se despediu no fim de 2017 (Foto: Getty Images)Felipe Massa disputou 269 GPs na F1 e se despediu no fim de 2017 (Foto: Getty Images)
Felipe Massa disputou 269 GPs na F1 e se despediu no fim de 2017 (Foto: Getty Images)
No comunicado oficial da equipe Venturi, o piloto informou que testará o carro do time no fim deste mês. E demonstrou bastante otimismo com sua nova fase.
- Há alguns anos, tenho claro meu interesse por essa categoria inovadora e voltada para o futuro, que está se desenvolvendo exponencialmente. Eu gosto especialmente do formato dos eventos e das corridas, dos circuitos do centro da cidade e do contato com os fãs. A equipe está em uma fase de crescimento e desenvolvimento. Eu farei tudo o que puder para contribuir para o projeto e espero estar entre os primeiros - disse Felipe.

Desejo anunciado

No começo de março, Massa disputou a Corrida de Duplas da Stock Car em Interlagos, em parceria com Cacá Bueno. Após a prova, em uma entrevista ao GloboEsporte.com, deu pistas de que a categoria de carros elétricos era sua meta imediata de carreira.
- Eu tenho que pensar meu lado como piloto, lógico. O mais importante é guiar, me divertir dentro da pista. Mas tenho que pensar meu lado financeiro também. É legal ter um bom salário, conseguir fazer eventos com empresas em geral, onde a Fórmula E está muito forte. Comparando com WEC, DTM e até a Stock Car, é uma categoria quem vem evoluindo muito. Que faz e vai fazer muito mais parte do nosso futuro, com os carros elétricos – analisou o competidor, na época.

Di Grassi dá as boas vindas

Felipe também é um grande amigo de Lucas di Grassi, brasileiro que trabalhou em todo o desenvolvimento da Fórmula E, e que é o atual campeão da categoria. O competidor celebrou a chegada do compatriota ao grid.
Lucas di Grassi e Felipe Massa na Stock Car (Foto: Duda Bairros / Stock Car)Lucas di Grassi e Felipe Massa na Stock Car (Foto: Duda Bairros / Stock Car)
Lucas di Grassi e Felipe Massa na Stock Car (Foto: Duda Bairros / Stock Car)
Na temporada 5, que se inicia no fim de 2018, a Fórmula E vai estrear seu novo chassi, de aparência futurista. A Mercedes já anunciou que ingressará na categoria com equipe própria na temporada 6, que será disputada em 2019/2020. Rumores da imprensa europeia indicam que a equipe Venturi, na qual Massa correrá em 2018/2019, seria comprada pelo grupo alemão. A próxima etapa da Fórmula E será neste sábado, em Berlim, capital alemã.

A segunda geração de chassis da Fórmula E será adotada pela categoria a partir da temporada 5, em 2018/2019 (Foto: Reprodução)
A segunda geração de chassis da Fórmula E será adotada pela categoria a partir da temporada 5, em 2018/2019 (Foto: Reprodução)

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog