quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Fluminense vence e elimina a Caldense na Copa do Brasil

Fluminense se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil ao derrotar a Caldense por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas. O único gol do jogo foi marcado pelo zagueiro Renato Chaves, aos 45 minutos do segundo tempo. Agora, o Tricolor das Laranjeiras vai enfrentar o vencedor do duelo entre Novo-MS e Salgueiro-PE.
O jogo foi equilibrado. O Fluminense foi um pouco melhor na etapa inicial, mas a Caldense reagiu e criou boas oportunidades para marcar no segundo tempo. Como precisava vencer para seguir na competição, o time mineiro se descuidou no final e acabou sofrendo o gol que liquidou com todas as suas chances de conquistar a vaga.
Com gol aos 45 minutos do segundo tempo, equipe carioca derrotou a Caldense nesta quarta-feira (FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
O jogo – Apoiado por uma pequena, mas animada torcida, a Caldense assumiu o controle das ações desde o primeiro minuto, tentando marcar a saída de bola do Fluminense. Só depois dos cinco minutos é que o time carioca conseguiu superar a pressão e sair para o ataque. Aos sete minutos, Pedro ganhou a dividida com a zaga e fez ótimo passe para Marcos Junior, mas o atacante perdeu a passada e a chance de concluir. Dois minutos depois, Jadson cruzou para a área, Marcos Junior cabeceou para baixo e Feijão salvou na linha do gol.
As duas jogadas deram mais confiança ao time dirigido por Abel Braga, que passou a empurrar a Caldense para a defesa. Só aos 16 minutos é que a equipe mineira chegou ao ataque com perigo: após cobrança de lateral, Ibañez falhou e Arilson ficou livre, mas chutou mal. Aos 16 minutos, Ayrton Lucas, em condição legal, investiu pela esquerda e cruzou para Pedro empurrar para as redes, mas a arbitragem invalidou o lance, marcando impedimento do lateral.
O Fluminense continuava melhor e, aos 30 minutos, Reginaldo cabeceou forte e obrigou Omar a se esticar para espalmar e evitar o gol. Três minutos depois, foi a vez de Sornoza mandar a bomba e assustar o goleiro mineiro. Só aos 42 minutos é que a Caldense apareceu na área tricolor. Mineiro cruzou da direita, o goleiro Julio Cesar não saiu e Renato Chaves teve que se virar para cabecear para escanteio.
O segundo tempo começou animado, com as duas equipes partindo para o ataque. Aos sete minutos, Marcos Junior bateu escanteio e Renato Chaves cabeceou para grande defesa de Omar. Como para a Caldense a única opção era a vitória, o time de Minas soltou seus laterais para apoiar o ataque. Aos dez minutos, Jefferson Feijão investiu pela direita e bateu forte. A bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança, Julio Cesar saiu com precisão e afastou o perigo.
O goleiro tricolor voltou a aparecer bem aos 15 minutos ao defender a cabeçada de Willian. A pressão da equipe da casa aumentou e, dois minutos depois, Willian desperdiçou uma chance incrível ao furar na pequena área após passe de Juninho.
O Fluminense só voltou a incomodar aos 21 minutos, quando Pedro dominou na entrada da área e foi derrubado. Na cobrança, Marcos Junior “isolou” a bola. A Caldense seguia pressionando e, aos 32 minutos, Juninho chutou com grande perigo. Depois da jogada, o técnico Abel Braga reclamou muito do seu sistema defensivo.
Aos 35 minutos, o técnico Abel Braga decidiu trocar Marcos Junior por Dudu. Marcos Junior saiu esbravejando contra a decisão e acabou levando uma grande bronca do treinador. O Tricolor recuou para segurar o resultado e sem espaço para penetrar, a Caldense tentava apelar para os chutes de longa distância, mas sem obter sucesso.
Aos 45 minutos, depois de bola recuada por Pedro, o zagueiro Renato Chaves chutou forte no canto direito e marcou o gol que decretou a vitória tricolor.
FICHA TÉCNICA
CALDENSE-MG 0 X 1 FLUMINENSE-RJ
Local: Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas (MG)
Data: 31 de janeiro de 2018, quarta-feira
Hora: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartão Amarelo: Robinho. Matheus(Cal);Ayrton Lucas, Marcos Junior, Renato Chaves
Gol:
FLUMINENSE: Renato Chaves, aos 45 minutos do segundo tempo
CALDENSE: Omar, Jefferson Feijão, Marcelo, Robinho e Jhonatan; Jean Henrique, Mineiro (Juninho), Arilson e Potita (Matheus); Willian e Anderson Rosa (Carlinhos)
Técnico: Zezito
FLUMINENSE: Julio Cesar, Renato Chaves, Reginaldo e Ibañez; Gilberto, Jadson, Richard, Sornoza (Caio) e Ayrton Lucas; Marcos Junior e Pedro (Marlon Freitas)
Técnico: Abel Braga

Fonte:Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog