quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Drama Total: A Vingança da Ilha -Episódio 1-O Maior! O Mais Sinistro! Irado!(Dublado)

Total Drama: Revenge of the Island (no Brasil, Drama Total: A Vingança da Ilha e em Portugal, Drama Total: A Vingança da Ilha ou A Vingança da Ilha dos Desafios) é a quarta temporada da série animada Total Drama. Desta vez Chris McLean decide substituir os velhos participantes por 13 novos adolescentes para competir, mas ele não desperdiçou os antigos competidores dos reality-shows e os fez ajudá-lo em vários desafios.

Foi exibibo no Canadá no Teletoon, nos EUA no Cartoon Network e na América Latina (incluindo Brasil) também no Cartoon Network.

Em Portugal foi exibido pela RTP2.

Historia
Assim como Total Drama Island, esta temporada também se passa na Ilha de Wawanakwa em Muskoka, Ontário, e todos os antigos concorrentes foram excluídos e substituídos por 13 novos concorrentes, apenas. Os campistas são divididos em duas equipes, As Larvas Mutantes e Os Ratos Radioativos, que batalham por ganhar para não terem que votar na eliminação de um dos seus colegas de equipe, e, a cada fim de episódio, pelo menos um concorrente de uma das equipes anda no "Cais da Vergonha" e é eliminado no "Arremesso da Vergonha" que é uma catapulta onde cada eliminado sobe e é arremessado para a "Playa Del Perdedores". O Reality Show é apresentado por Chris McLean e por seu ajudante Chef Hatchet. O campista que encontrar a estatua de Chris está salvo da eliminação. Na cerimônia de eliminação é distribuído marshmallows para quem está salvo, enquanto que o concorrente mais votado pela equipe recebe um marshmallow que ninguém quer comer o "Marshmallow Radioativo". No meio no Jogo as equipes são desfeitas e os desafios são individuais, sendo que o vencedor pode ganhar imunidade, mas apenas individualmente, assim se procede até a final, onde os dois finalistas lutam para receber o premio de 1.000.000 de dolares.

Nome original:Total Drama: Revenge of the Island
Nome Brasileiro:Drama Total: A Vingança da Ilha
Formato;Série de desenho animado
Duração:Aprox. 22 minutos
Criadores:Jennifer Pertsch/Tom McGillis
País;Canadá
Canais:Teletoon(Canadá)?Cartoon Network(Brasil e EUA)/RTP 2(Portugal)


Diretor de provas da F1 apoia adição de terceiro carro, mas acha "improvável" que aconteça

Diretor de provas da F1 apoia adição de terceiro carro, mas acha
A falta de um cockpit para Esteban Ocon na Fórmula 1 trouxe à tona uma antiga discussão: a adição de um terceiro carro por equipe. Impulsionada por declarações de Toto Wolff, chefe da Mercedes, a ideia ganhou força nas últimas semanas e deverá virar pauta pelo próprio dirigente austríaco durante a reunião do Grupo de Estratégia da Fórmula 1, nesta quarta-feira. Charlie Whiting, diretor de provas da categoria, também apoia o conceito, porém acredita que será difícil torná-lo realidade.

- Minha visão pessoal é que seria legal ter mais alguns carros. Mas, honestamente, acho que é muito improvável. É bem simples. O argumento contra é que, se você tem uma equipe dominante com três carros, então todos estariam lutando por um quarto lugar, e não por um pódio. Se você tem três equipes dominantes com três carros, então você estaria lutando por um 10º lugar. Eu entendo por que as equipes iriam bloquear isso - disse, em entrevista ao site "Motorsport.com".
Ocon ainda não tem vaga na F1 para o ano que vem — Foto: ReutersOcon ainda não tem vaga na F1 para o ano que vem — Foto: Reuters
Ocon ainda não tem vaga na F1 para o ano que vem — Foto: Reuters
Recentemente, Christian Horner, chefe da RBR, entrou na discussão e "sugeriu" para Toto Wolff que a Mercedes criasse uma segunda equipe, aos moldes da STR. Dessa forma, seria possível abrigar os jovens como Ocon e Geoge Russell, ambos pilotos da equipe alemã, porém ainda sem vaga na temporada de 2019 da Fórmula 1. Para Whiting, entretanto, a adição de uma nova escuderia é complicada de ser viabilizada na atual circunstância.
- Ter novas equipes, como sabemos, é quase impossível no momento. Mas é algo que esperamos melhorar, claro, se tudo funcionar como o planejado, com a distribuição financeira e o teto de gastos. Tomara que o carro seja regulado de forma que peças não relacionadas à performance sejam padronizadas ou prescritas, e as peças de performance sejam únicas para as equipes, sem poder pegar de outro - comentou.

max verstappen, rbr, f1, singapura — Foto: Getty Images
max verstappen, rbr, f1, singapura — Foto: Getty Images
O dirigente também ressalta que toda a parte operacional da categoria teria que ser remodelada para que mais um carro fosse acrescentado por equipe.
- As regras são baseadas em carros de duas equipes, então muita coisa teria de ser analisada. Hoje elas estão autorizadas a ter 60 funcionários de operação. De quanto mais eles precisariam? Há uma grande diferença entre o que eles precisam e o que eles dizem que precisam. Teríamos de decidir qual é o número certo. Não seria 30, pode ser que seja 10. Poderíamos gerenciar isso. As pessoas teriam de se apertar um pouco, e não haveria muito espaço - finalizou.

Fonte:Globoesporte.com

Líderes das Coreias reúnem-se em Pyongyang

Os líderes da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e da Coreia do Sul, Moon Jae-in, iniciaram nesta terça-feira uma reunião de cúpula de três dias em Pyongyang, onde ambos devem trabalhar para reativar o processo de desnuclearização da península coreana e retomar as relações do país isolado politicamente com os Estados Unidos.
Moon Jae-in (esq.) é recebido por Kim Jong-un no aeroporto de Pyongyang
Moon foi recebido por Kim no aeroporto com abraços efusivos e uma cerimônia com honras militares. Ambos desfilaram, então, pelas ruas da capital norte-coreana em carro aberto, onde foram saudados por cerca de 100 mil pessoas.
Kim declarou que deseja obter “resultados maiores em ritmo mais rápido” do que os dois líderes atingiram até o momento.
– O senhor, presidente (Moon), viaja por todo o mundo, mas nosso país é humilde em comparação às nações desenvolvidas – disse o norte-coreano. “Esperei muito por esse dia. O nível das acomodações e da programação que fornecemos pode ser baixo, mas é da nossa maior sinceridade e coração”, afirmou.
Moon destacou que chegou o momento de “gerar frutos” das novas relações bilaterais e agradeceu Kim pela hospitalidade.
Durante o desfile dos dois líderes pela rua Ryomyong, em um novo distrito residencial lançado por Kim no ano passado com o intuito de modernizar a capital, Kim e Moon chegaram a sair da limusine que os transportava para cumprimentar algumas pessoas na multidão.
Kim e Moon devem comparecer a um espetáculo musical e um jantar no salão Mokrankwan, onde o líder norte-coreano recebeu no ano passado os cientistas e autoridades responsáveis por testes de mísseis balísticos de longo alcance capazes de atingir o território americano.
Os dois últimos encontros dos dois líderes, em abril e maio, possibilitaram a realização da reunião de cúpula entre Kim e o presidente americano, Donald Trump, em Cingapura, no mês de junho. Na ocasião, Trump e Kim concordaram em trabalhar para a desnuclearização da Coreia do Norte, em troca da concessão de garantias à sobrevivência do regime de Pyongyang.

Moon como “negociador-chefe” de Trump

Segundo assessores do presidente sul-coreano, Trump pediu a Moon para agir como “negociador-chefe” entre seu governo e Kim, após o americano cancelar uma visita de seu secretário de Estado, Mike Pompeo, ao país, marcada para o mês passado.
Washington quer medidas concretas do regime norte-coreano rumo à desnuclearização antes de aceitar uma declaração oficial do fim da Guerra da Coreia (1950-1953), um dos maiores objetivos de Pyongyang. O conflito que dividiu a Península Coreana terminou apenas com um armistício.
Moon afirmou que a cúpula das Coreias ganhará significado ainda maior se possibilitar o reinício dos diálogos entre Pyongyang e Washington.
O jornal estatal norte-coresano Rodong Sinmunafirmou nesta terça-feira que a responsabilidade pela estagnação das negociações entre os dois países “recai por completo sobre os Estados Unidos”.
– É devido a uma teimosia irracional e sem sentido que outros temas poderão ser tratados apenas após nosso país desmantelar por completo, de modo verificável e irreversível, nossas capacidades nucleares – diz o editorial do jornal, acusando os EUA de não ter intenções de “construir a confiança, incluindo a declaração do fim da guerra”.
A delegação de Seul que visita Pyongyang inclui o diretor do Escritório de Segurança Nacional, Chung Eui-yong, e o chefe do Serviço de Inteligência, Suh Hoon.
Também integram a comitiva líderes empresariais, incluindo o vice-presidente da Samsung, Jay Y. Lee, e diretores da LG e do grupo SK, que deverão se reunir com o vice-primeiro-ministro norte-coreano, Ri Ryong Nam.
Entretanto, autoridades sul-coreanas descartaram a possibilidade de avanços em projetos econômicos conjuntos em razão das sanções internacionais a Pyongyang.
Pelo lado norte-coreano, participam da cúpula o diretor de inteligência, Kim Yong-chol, que viajou aos Estados Unidos recentemente, e a vice-diretora de propaganda e irmã do líder, Kim Yo-jong, considerada o braço direito do líder norte-coreano.
Moon é o terceiro presidente sul-coreano a visitar a Coreia do Norte. Ele ficará hospedado na residência de visitas de Estado Paekhwawon, que já recebeu os presidentes sul-coreanos Kim Dae-jung e Roh Moo-hyun durante reuniões de cúpula com Kim Jong-il, pai de Kim Jong-un, em 2000 e 2007, respectivamente.

Fonte:Deutsche Welle e Correio do Brasil

Bolsonaro e Mourão perdem o voto até de Sheharazade após críticas às avós

A dupla capitão Jair Bolsonaro (PSL) e general Hamilton Mourão (PRTB) perderam, nesta terça-feira, o voto da mais proeminente apresentadora de TV ligada às forças fascistas que representam.
A apresentadora de ultradireita Sheherazade prega voto contra dupla Bolsonaro e Mourão
A apresentadora de ultradireita Sheherazade prega voto contra dupla Bolsonaro e Mourão
A âncora de um telejornal em rede pública de televisão Rachel Sheherazade passou para a oposição, após declarações controversas do militar mais graduado da chapa presidencial de ultradireita.

Heroínas

Sheharazade publicou em uma rede social, nesta manhã, a hashtag do movimento “#EleNão”, após Mourão afirmar que famílias só com avós e mães são “fábricas de desajustados”.
“Sou mulher. Crio dois filhos sozinha. Fui criada por minha mãe e minha avó. Não. Não somos criminosas. Somos heroínas!”, desabafou.
A publicação gerou críticas junto àqueles que, até o momento, aplaudiam os ataques da agora adversária, quando ela atacava as forças de esquerda:

Respeito

“Isso. Apoie a esquerda que te massacrou”, disse um dos ex-fãns.
“Isso não é um apoio aos comunistas. É um repúdio aos fascistas!”, rebateu Sheharazade.
“Sou mulher. Crio dois filhos sozinha. Fui criada por minha mãe e minha avó. Não. Não somos criminosas. Somos HEROÍNAS! #elenao”, escreveu.
Na ponta oposta do matiz político brasileiro, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) também repudiou a declaração do general Mourão.
“Casa só com mãe e avó é fábrica de desajustados’, diz Mourão vice do ódio. Ele se refere a 40% dos lares brasileiros! Milhões de famílias são de desajustados? Não! Gratidão pelo bem q fazem Mães e Avós! Respeito com elas! Desajustada é essa dupla: #EleNão e o vice #EleJamais”, escreveu a parlamentar no Twitter.

Fonte:Correios do Brasil

Estreia de “A Fazenda 10” empata com SBT e tem alta repercussão nas redes

Henrique Brinco

Gabi Prado e Luane se abraçam no primeiro episódio. (Imagem: Reprodução / RecordTV)
A estreia da décima temporada de "A Fazenda" ficou entre os assuntos mais comentados do mundo no Twitter. A hashtag #AFazenda10 entrou no topo menções da rede social desde o início da noite de terça-feira (18), horas antes do programa entrar no ar.
Havia toda uma expectativa em torno dos nomes escolhidos para a edição. Entre os participantes mais comentados, ficaram os polêmicos Léo Stronda, Ana Paula Renault, Rafael Olha e Gabi Prado.
O programa também registrou audiência satisfatória, com 9 pontos de média prévia e 11 de pico na Grande São Paulo (o índice pode mudar no consolidado). No momento em que "A Fazenda" era exibida, a RecordTV ficou tecnicamente empatada com o SBT na vice-liderança. Ainda na faixa, a Globo liderou com 23 pontos.
Gravada em Itapecirica da Serra, a atração é comandada pela primeira vez pelo apresentador Marcos Mion - que mostrou desenvoltura e entrosamento com os participantes durante toda a atração.

Fonte:RD1

Preços voltam a subir, apesar da economia ainda mais fraca

A alta dos preços dos produtos agropecuários e industriais no atacado acelerou e o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 1,34% na segunda prévia de setembro, depois de avançar 0,67% no mesmo período do mês anterior.
O preço da cesta básica teve variação mínima em fevereiro, em face da crise econômica mais aguda
O preço da cesta básica teve variação para cima, nas últimas semanas
Os dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram nesta terça-feira que, na segunda prévia de setembro, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, acelerou a alta a 1,95 pro cento, de 0,95% na leitura anterior.
Os Produtos Agropecuários passaram a subir 1,83% no período de 1,37% antes, enquanto os Industriais registraram alta de 1,98%, contra 0,81% na segunda prévia de agosto.

Variação negativa

Para os consumidores a pressão no período também foi maior, uma vez que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, passou a subir 0,16%, depois de variação positiva de 0,05% na segunda prévia de agosto.
A principal contribuição partiu do grupo de Educação, Leitura e Recreação, que registrou avanço de 0,47%, depois de ter apresentado variação negativa de 0,46% no mês anterior.
O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) desacelerou a alta de 0,19% na segunda leitura de setembro, sobre avanço de 0,36% em agosto.

Contratos

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.
A segunda prévia do IGP-M calculou as variações de preços no período entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência

Fonte:Correios do Brasil

A Fazenda 10: Paquita pune “bonitões”, grupos são divididos e emoção marca Prova do Fazendeiro

Henrique Brinco 

Sandro Pedroso venceu a Prova do Fazendeiro na estreia do programa. (Imagem: Reprodução/RecordTV).
E começaram as primeiras provas e decisões do reality show rural da RecordTV. O ator Sandro Pedroso e a ex-paquita Catia Paganote tiveram sucesso nas primeiras provas de grupo de "A Fazenda 10". O programa está sendo apresentado pela primeira vez por Marcos Mion - que assumiu o posto anteriormente ocupado por Roberto Justus.
A primeira prova consistia numa dinâmica de grupo onde todos puderam se conhecer. Como prêmio, Catia pôde escolher com qual cama ficaria. Entretanto, ela teve a dura missão de mandar dois participantes para a baia - onde deverão dormir nos próximos dias. A peoa escolheu o modelo João Zaoli e o lutador de MMA Felipe Sertanejo. O clima na sede do reality show começou a ficar pesado desde então, já que a loira ficou preocupada sobre como a decisão vai repercutir ao longo da semana.
Ex-paquita venceu dinâmica de grupo...
... e puniu participantes "bonitões".
Já durante o programa ao vivo, os grupos também foram divididos. O time Água é formado por Léo Stronda, Caíque Aguiar, Gabi Prado, Fernanda Lacerda, Perlla, Ana Paula Renault, Nadja Pessoa e Luane Dias. O time Terra é formado por Rafael Ilha, Aloisio Chulapa, Evandro Santo, Vida Vlatt, Felipe Sertanejo, Catia Paganote, João Zoli e Sandro Pedroso.
Grupos foram divididos já no primeiro episódio. (Imagem: Reprodução/Record)
A segunda disputa foi a tradicional "Prova do Fazendeiro", que definiu quem tem a primeira imunidade na primeira semana e a possibilidade de tomar decisões importantes na Formação da Roça. A atividade consistia em formar a palavra "fazendeiro" e misturou sorte e estratégia. Sandro Pedroso, famoso por ser ex-namorado de Susana Vieira, foi o vencedor.
Durante a dinâmica, um momento emocionante: a digital influencer Luane Dias deu de presente um carro para a ex-BBB Ana Paula Renault. A jovem justificou o presente como sendo um pedido de desculpas por ter julgado mal a jornalista anteriormente.
Luane presenteia Ana Paula com carro. (Imagem: Reprodução/ RecordTV)
Fonte:RD1

(Momento Retrô TV)-Fantástico - 27/12/1992-Rede Globo

Apresentação: Carolina Ferraz, Celso Freitas e Fátima Bernardes


Haddad rejeita indulto a Lula, que quer provar na Justiça sua inocência

Candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad afirmou, nesta terça-feira, que não concederá o indulto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso seja eleito, porque esse não é o desejo do líder petista, que quer ter sua inocência atestada pela Justiça.
Pressionado a responder objetivamente se daria indulto a Lula, a resposta de Haddad foi não.
— Não. Não ao indulto — disse.
Haddad conversou com Lula sobre indulto e líder petista recusou
Haddad conversou com Lula sobre indulto e líder petista recusou
Ele afirmou que Lula sempre deixou claro ser contrário à essa solução.
— Lula não vai abrir mão da defesa de sua inocência. Ele é o primeiro a dizer ‘eu não quero favor, eu quero que os tribunais brasileiros e os fóruns internacionais reconheçam que eu fui vítima de um erro judiciário’. Isso não está em pauta — disse Haddad, em entrevista a uma rádio, na manhã desta terça-feira.

Insistência

Haddad retificou a declaração do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Em recente entrevista, Pimentel afirmou que Haddad teria como primeiro ato de governo conceder o indulto ao ex-presidente.
— Pimentel está concorrendo ao governo de Minas. Eu espero que ele seja eleito. Mas ele não tem a prerrogativa de dar ou não dar (o indulto). É o presidente que dá. Não falei com ele (sobre o assunto) nem antes nem depois — afirmou Haddad.
O candidato petista acrescentou, ainda, que nunca conversou com ninguém do partido sobre o assunto. Apenas com Lula, esclareceu, depois que a imprensa começou a perguntar aos candidatos de todos os partidos se indultariam o ex-presidente no caso de serem eleitos.
Líderes do PT, no entanto, insistem na questão do indulto. Haddad, contudo, tem mantido a resposta padrão de que Lula não quer o benefício. Pessoas próximas do candidato afirmam que ele não pretende comprar briga dentro do PT, mas mantém a posição acertada com o ex-presidente.

Aliança com Ciro

Haddad também descartou qualquer desentendimento com o candidato do PDT, Ciro Gomes, e revelou que tem conversado com ele sobre uma possível aliança para o segundo turno, independentemente de qual dos dois consiga chegar à próxima etapa das eleições. O candidato afirmou que certamente apoiaria Ciro em um segundo turno e não responderia ataques feitos “no calor da eleição”.
— Não tenho o estilo de fustigar uma pessoa que eu admiro. Essas coisas eu nem respondo. Eu gosto do Ciro, sou amigo dele, pretendo estar junto com ele nessa caminhada. Não deu no primeiro turno, vai dar no segundo. O Brasil está correndo risco de entrar numa nova aventura. Nós pertencemos ao mesmo campo político contra esse obscurantismo que hoje está vigente no país — concluiu Haddad.

Fonte:Correio do Brasil

Saiba quem são os 16 participantes de “A Fazenda 10”

Henrique Brinco

Marcos Mion é o apresentador da nova temporada de "A Fazenda" (Imagem: Reprodução/RecordTV)
A nova temporada do reality show "A Fazenda" promete. Apresentado pela primeira vez por Marcos Mion, a décima edição da atração da RecordTV trouxe nomes polêmicos na estreia desta terça-feira (18).
A ex-BBB Ana Paula Renault é a grande promessa da edição. A participante foi a primeira a ser apresentada no teaser com os jogadores, logo no primeiro bloco. Outros dois nomes que chamam atenção são Rafael Ilha, conhecido por protagonizar polêmicas na mídia, e Gabi Prado, destaque em duas temporadas do reality show "De Férias com o Ex".
Também entraram no jogo Vida Vlatt (Ofrásia), Léo Stronda (youtuber), Sandro Pedroso (ator e ex de Susana Vieira), Caique Aguiar (filho do humorista Carlinhos Aguiar), Fernanda Lacerda(Mendigata), Catia Paganote (ex-Paquita), Felipe Sertanejo (lutador de MMA), Aloisio Chulapa(ex-jogador de Futrebol), Perlla (cantora), Joao Zoli (modelo), Nadja Pessoa (ex-Power Couple), Luane Alves (digital influencer) e Evandro Santo (ex-Pânico na Band).
O cenário do programa, gravado em Itapecirica da Serra, também ganhou nova decoração. "Sei da responsabilidade que é assumir um projeto como este pelo o que ele representa para a emissora. A minha expectativa é fazer o melhor, estou ansioso", diz Marcos Mion.

Fonte:RD1

Por que animais marinhos confundem plástico com comida?

Várias espécies marinhas, desde os menores até baleias gigantes, acabam comendo plástico porque sentem nele cheiro de comida — Foto: Elitza Germanov/Marine Megafauna Foundation
Várias espécies marinhas, desde os menores até baleias gigantes, acabam comendo plástico porque sentem nele cheiro de comida — Foto: Elitza Germanov/Marine Megafauna Foundation
Do plâncton minúsculo a baleias enormes, tem crescido o registro da ingestão de plástico por animais marinhos de várias espécies. Com esse tipo de resíduo despejado na água em uma escala que chega a milhões de toneladas por ano, esse consumo ocorre quando o animal, ao se alimentar, engole acidentalmente fragmentos de plástico que estão na área - ou quando esses fragmentos são, literalmente, confundidos com o alimento.

E por que isso ocorre?

A explicação de pesquisadores é que o plástico não só parece com comida. Ele também tem cheiro de comida.
"Tente cheirar um pedaço de plástico que você encontrar na água da próxima vez que estiver na praia", sugere Erik Zettler, ecologista microbiano do Instituto Real Holandês de Pesquisas Marítimas. "Ele cheira a peixe."
Zettler observa que isso acontece porque todo plástico no oceano é rapidamente colonizado por uma fina camada de micróbios, normalmente chamada de "plastisfério".
Essa viscosa camada de vida libera substâncias químicas que fazem o plástico ter cheiro e gosto de alimento para os animais marinhos.
Um composto específico, o metiltiometano ou sulfeto de dimetila (DMS, na sigla em inglês), atua como o estímulo químico que o plástico emite e é conhecido por atrair alguns animais, incluindo peixes.
A teoria, ao que tudo indica, também é válida para as aves marinhas quando caçam, já que encontram a comida pelo cheiro.
Mas outras espécies, como as baleias, estão consumindo plástico acidentalmente enquanto filtram a água por plâncton.

Aumento do lixo plástico nos oceanos

A presença de resíduos plásticos vem aumentando rapidamente nos oceanos do mundo - um estudo de 2015 estimou que cerca de oito milhões de toneladas de plástico entram nas águas oceânicas anualmente.

Alguns flutuam em grandes sistemas de correntes marítimas rotativas, conhecidos como giros oceânicos.
Em um giro, o plástico se decompõe em microplásticos, que podem ser ingeridos pela fauna marinha.
Este estudo é considerado o mais completo esforço já feito para averiguar quantos destes fragmentos estão sendo despejados, soprados ou simplesmente arrastados para o mar.
Kristian Syberg, da Universidade Roskilde, da Dinamarca, contesta, porém, os números.
Segundo ele, os dados subestimam demais as concentrações reais de plástico, principalmente por dois motivos.
"Primeiro, o número é baseado em dados coletados com redes de pesca de superfície - que normalmente deixam escapar partículas menores que 0,3 milímetros", diz o pesquisador. "E, segundo, as amostras de partículas que estão na superfície do mar representam provavelmente uma porcentagem pequena do total de partículas no oceano."
O estudo de 2015 indica que, se não houver mecanismos de controle, 17,5 milhões de toneladas de resíduos plásticos poderão entrar nos oceanos a cada ano até 2025.

Afetando a vida sob as ondas?

Algumas questões cruciais surgem com a descoberta de que esses resíduos são consumidos com frequência pelos animais.
Uma delas é o real impacto ambiental deles.
Outra é: por que não estamos usando avanços científicos para substituir produtos problemáticos por alternativas mais seguras?
Mark Browne, que publicou vários artigos sobre os efeitos do lixo plástico no ambiente marinho, disse à BBC que "isso (a substituição desses produtos por alternativas mais ecológicas) poderia ser feito se eles pedissem a ecologistas e engenheiros que trabalhassem juntos para identificar e remover elementos dos produtos que poderiam causar impactos ambientais".
Mas a extensão do dano não é totalmente conhecida.
"Até agora, o impacto tem sido bastante óbvio em animais maiores, como baleias e pássaros", diz Syberg.
"Eles podem morrer por asfixia ou de fome, já que a ingestão de plástico bloqueia seu aparelho digestivo."

Há certas aves, como o albatroz-de-laysan, que já foram muito afetadas pela poluição do plástico.
A equipe do documentário Blue Planet 2, da BBC - que enfoca a vida marinha com foco em descobertas de novas espécies - testemunhou a presença de plástico em substâncias regurgitadas por filhotes de albatroz na longínqua ilha da Geórgia do Sul, no Atlântico Sul.
"Os pais deles devem ter pegado sacolas plásticas no mar, achando que eram comestíveis, e dado a eles como alimento", disse o produtor executivo James Honeyborne.
"Um filhote morreu ao ter o estômago perfurado por um palito de plástico."
Erik Zettler, do Instituto Real Holandês de Pesquisas Marítimas, pondera, no entanto, que também há muitos animais que comeram plástico sem consequências consideráveis.
Estudos sobre os impactos "subletais" da ingestão de plástico estão em andamento em alguns laboratórios, assim como pesquisas sobre como isso pode afetar os seres humanos.

Como podemos manter o plástico fora dos oceanos?

Uma enorme operação de limpeza do plástico nos mares foi lançada em 8 de setembro no Oceano Pacífico.
A iniciativa da Ocean Cleanup - fundação que desenvolve tecnologias para extrair a poluição plástica dos oceanos e impedir que mais desses resíduos entrem nas águas - pretende enviar à região um flutuador de 600 metros de comprimento com capacidade para coletar cerca de cinco toneladas de plástico oceânico por mês. Ela promete reduzir o volume da poluição em 90% até 2040.
Mas, diz Syberg, é importante não demonstrar tanto "entusiasmo" com soluções tecnológicas que ajudam, mas não resolvem o problema.
"A limpeza é boa e pode ajudar, especialmente se for concentrada em áreas costeiras com alta emissão de plástico para o oceano", analisa ele. "No entanto, a solução definitiva para a poluição plástica é impedir que ela aconteça, e não limpá-la depois que está feita. A solução só acontecerá se todos nós mudarmos nossas formas de usar e descartar o plástico."
Erik Zettler participou de mais de 60 viagens de pesquisa científica coletando dados oceanográficos, incluindo resíduos de plástico encontrados no Pacífico, no Atlântico, no Caribe e no Mediterrâneo.
Ele concorda com Syberg e diz que pode não haver "soluções rápidas" para o problema.
"Vai ser preciso uma combinação de várias coisas - como mudanças no comportamento humano, regulamentações governamentais e participação da indústria - para reduzir o plástico no meio ambiente", diz.


Fonte:BBC News Brasil e G1

Arquivo do blog