quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Rodrigo Faro chora ao falar sobre a morte do pai e desabafa

 Fábio Almeida

Rodrigo Faro chora ao falar sobre morte do pai quando ele era criança
Rodrigo Faro se emocionou ao contar os momentos difíceis da infância com o pai alcoólico
Rodrigo Faro abriu o coração para Gugu Liberato na noite desta quarta-feira (9). Ao “Programa do Gugu”, da Record, o apresentador falou sobre a audiência de seu dominical e se emocionou ao relembrar os problemas do pai, que morreu quando ele tinha 12 anos.
“Meu pai foi vítima do alcoolismo, morreu cedo. Presenciei muitas cenas que ficaram na minha cabeça para sempre. Com 8, 9 anos, tive que proteger minha mãe de situações complicadas”, lembrou Faro.
Apesar dos problemas, o comunicador garante não guardar rancor: “Começar a trabalhar com 8 anos me fez amadurecer. Ele não era mais uma pessoa presente quando morreu. Tivemos momentos bons, mas a bebida destruiu ele. Eu quero ser um pai maravilhoso que meu pai não conseguiu ser”.
Na conversa com Gugu, Faro também foi só elogios aos colegas com quem concorre aos domingos. Sobre Eliana, ele revelou: “A primeira vez que recebi o convite para a Record, antes de 2008, ela ligou para o empresário dela e disse: ‘Ajuda o Rodrigo. Se ele quer ser apresentador, faça alguma coisa por ele’. Quis o destino que depois eu fosse concorrer com ela, uma pessoa por quem eu tenho um carinho muito grande”.
Ele comentou ainda sobre Fausto Silva. “O Faustão é um cara que me carregou no colo. Eu pedia para minha mãe me levar escondida do Juizado de Menores para ver o ‘Perdidos na Noite’. Nunca consegui essa oportunidade de ser apresentador na Globo, mas quando eu recebi a proposta da Record, ele me disse: ‘Se é teu sonho, vai’. E aí o destino me prega essa peça, me coloca pra concorrer com quem? Com Faustão”, falou.

Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog