sábado, 5 de agosto de 2017

Inter engata 3ª vitória seguida, consolida arrancada e amplia má fase do Guarani



O Internacional ratificou na tarde deste sábado o bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro. Em franca ascenção, o Colorado passou pelo Guarani por 2 a 0, no Brinco de Ouro, em Campinas, e engatou a terceira vitória consecutiva para fechar o primeiro turno em alta. Sasha, no primeiro tempo, e Claudio Winck, na etapa final, marcaram. Já o Bugre vive fase oposta, em queda livre na tabela.

Era um duelo direto pelo G-4. No fim, os gaúchos ampliaram a vantagem sobre o Guarani na tabela. Agora, o Inter tem 33 pontos, a três do líder América-MG. O Guarani, por sua vez, estacionou nos 28 pontos após a terceira derrota seguida e o sexto jogo sem vencer.
Foi um resultado que comprovou não apenas o momento de cada um, mas também a diferença técnica entre as equipes. Enquanto o Inter, franco favorito desde o início, cresce na hora certa, o Guarani perde fôlego depois de um início empolgante e vai ficando para trás na luta pelo acesso.
Em busca da reabilitação, o Guarani volta a campo na sexta-feira, quando terá pela frente o Brasil de Pelotas, fora de casa. O próximo duelo do Inter está marcado para sábado, contra o Londrina, às 16h30, para defender o embalo diante de sua torcida no Beira-Rio.
Inter fez a festa em Campinas e consolidou arrancada na Série B  (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Internacional)Inter fez a festa em Campinas e consolidou arrancada na Série B  (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Internacional)
Inter fez a festa em Campinas e consolidou arrancada na Série B (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Internacional)
O JOGO
Pelos primeiros minutos, o Guarani deu a impressão de que faria frente ao Inter. O time começou ligado e empurrou os gaúchos para o campo de defesa, mas sem assustar. Aos poucos, a superioridade técnica do Colorado passou a prevalecer. Quando acelerou o jogo, abriu o placar após cruzamento de Pottker que Sasha aproveitou, aos 25 minutos. A partir daí, o Bugre se perdeu em campo, e os visitantes sobraram, mas sem reverter o domínio em mais gols.

A necessidade do Guarani de sair para o jogo deixou o segundo tempo aberto. Damião, logo no primeiro minuto, perdeu chance clara. A resposta do Bugre foi com Richarlyson colocando Danilo Fernandes para trabalhar. Era lá e cá. D´Alessandro também chegou perto de marcar, e Damião empilhou oportunidades para ampliar.
Poderia ter custado caro se a bomba de Richarlysson tivesse caído antes. Com o Guarani todo no ataque, já na base do desespero, o Inter aproveitou os espaços para, enfim, liquidar a fatura. Foi com Claudio Winck, aos 34. O estreante Rentería, ex-Inter, quase diminuiu na sequência. Seria o último sopro de esperança aos campineiros.


Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog