domingo, 13 de agosto de 2017

Em jogo de viradas, Botafogo-PB vence o Moto e se recupera na Série C



Em um jogo de duas viradas, o Botafogo-PB venceu o Moto por 3 a 2 na tarde deste domingo, no Almeidão. Rafael Oliveira abriu o placar para os donos da casa, mas Vinícius Paquetá e Danilo Balla viraram para os maranhenses e no segundo tempo, Roger Gaúcho e André Santos garantiram a vitória para o Belo.
O jogo ainda foi marcado por uma interrupção de 16 minutos, após uma pane elétrica aos 42 do segundo tempo. Quando a bola voltou a rolar, foi o suficiente para Botafogo-PB confirmar a vitória e encerrar a série de seis derrotas seguidas. Com o resultado, o Belo sobe para a sexta colocação com 17 pontos, enquanto o Papão segue na oitava colocação com apenas 13 pontos. As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, quando o Botafogo-PB recebe o Remo no Almeidão, enquanto o Moto visita o ASA, no Fumeirão.
Moto vira no primeiro tempo
O jogo começou eletrizando no Almeidão e logo aos quatro minutos, Rafael Oliveira, na primeira chegada ao ataque do Botafogo-PB tocou no canto de Saulo para abrir o placar. A resposta do Moto não demorou e aos nove, Vinícius Paquetá aproveitou o cruzamento e deixou tudo igual para o Moto.
Após o início eletrizante, Cleyton fez boa jogada e acertou a trave do gol defendido por Saulo. O Moto também assustou com Vinícius Paquetá que lançou para Danilo Balla, mas Michel Alves ficou com a bola. No minuto final da primeira etapa, Tote lançou a bola na área do Botafogo-PB e Danilo Balla aproveitou para marcar o gol da virada do Rubro-Negro maranhense no Almeidão.
Virada do Botafogo-PBA etapa final começou com a mesma intensidade dos minutos inciais do primeiro tempo. Logo aos cinco minutos, Dico avançou até a linha de fundo e achou Roger Gaúcho, que empatou o jogo para o Botafogo-PB. A virada do Belo não demorou e, aos 10 minutos, André Santos aproveitou o bate rebate da zaga e empurrou a bola para o fundo do gol, recolocando os donos da casa na frente do placar.
O Moto conseguiu levar perigo no segundo tempo somente quando Raí cobrou uma falta com perigo e acertou a trave do gol defendido por Michel Alves. O Botafogo-PB seguia melhor e, aos 42, uma pane elétrica apagou todos os refletores do Almeidão. Após 16 minutos, com energia restabelecida, a bola voltou a rolar no Almeidão. Nos minutos finais, o Moto ainda perdeu o atacante Vinícius Paquetá, expulso após agredir um gandula e o Botafogo-PB confirmou o triunfo ao lado de sua torcida.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog