domingo, 13 de agosto de 2017

Atlético-PR vira sobre o Bahia, goleia e embala quarta vitória seguida no Brasileiro

Atlético-PR venceu o Bahia na Arena da Baixada (Foto: Giuliano Gomes/Agência PR Press)
Atlético-PR venceu o Bahia na Arena da Baixada (Foto: Giuliano Gomes/Agência PR Press)

O Atlético-PR manteve o embalo e venceu o Bahia por 4 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mendoza abriu o placar para o Tricolor no primeiro tempo, e Nikão, de pênalti, empatou para o Furacão. Na etapa final, Thiago Heleno, Éder (contra) e Sidcley garantiram os três pontos para o Rubro-Negro, que chegou à quarta vitória seguida na competição.
Com o resultado, o Atlético-PR subiu para a sexta posição, com 29 pontos. O Bahia caiu para a 15ª colocação, com 23 pontos, um acima da zona de rebaixamento.
Os dois times voltam a jogar no domingo, pela 21ª rodada do Brasileiro. O Atlético-PR visita o Grêmio, às 11h (de Brasília), na Arena do Grêmio. O Bahia recebe o Vasco, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova.
Primeiro tempo
O jogo começou com velocidade e pouca efetividade ofensiva dos dois times. As equipes chegavam apenas em lances de bola parada, mas sem sucesso. Na primeira boa chance, o Bahia abriu o placar. Aos 20 minutos, Eduardo cruzou, Rodrigão desviou, e Mendoza, na segunda trave, mandou para a rede.
O Atlético-PR respondeu aos 24. Após cruzamento, o zagueiro Lucas Reis tocou a bola com a mão na área, e o árbitro marcou pênalti. Nikão cobrou no canto, deslocou o goleiro e deixou tudo igual no placar.
O Furacão voltou a assustar em um cabeceio de Fabrício, aos 35. O Tricolor respondeu com Mendoza, em chute da entrada da área que passou perto, aos 37.
Segundo tempo
As equipes começaram a etapa final criando boas chances nas bolas paradas. Logo aos três, Fabrício cobrou falta para o Atlético-PR e parou no goleiro Jean. No minuto seguinte, Tiago aproveitou cruzamento de Régis em cobrança de falta do Bahia e acertou o travessão de Weverton.
O Furacão conseguiu a virada no placar aos seis minutos. Guilherme cobrou mais um falta, e Thiago Heleno subiu para fazer o segundo gol atleticano. Aos 10, Fabrício pegou a sobra após escanteio, chutou, mas Jean fez boa defesa. A pressão do Rubro-Negro continuou, e o terceiro gol saiu aos 13 minutos. O zagueiro Éder foi cortar um cruzamento da esquerda feito por Nikão e acabou fazendo contra.

Os times continuaram chegando nas bolas paradas. O Bahia assustou com Tiago e Juninho, enquanto Atlético-PR levou perigo com Nikão. Aos 41 minutos, Nikão puxou contra-ataque após falha de Juninho, Ribamar parou no goleiro, e Sidcley aproveitou rebote para fechar o placar.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog