sexta-feira, 14 de julho de 2017

STR terá de se apresentar a comissários da FIA por peça quebrada em carro de Sainz

STR terá de se apresentar a comissários da FIA por peça quebrada em carro de Sainz


Quando a fase não é boa, nada dá certo. E tem sido assim para Carlos Sainz Jr. Envolvido em alguns incidentes neste início da temporada, o espanhol também entrou em um pequeno atrito com os chefes da RBR depois afirmar que sua permanência na STR, em 2018, erá improvável, apesar de ter contrato vigente para a próxima temproada. Agora, o GP da Inglaterra sequer começou e Sainz já tem mais uma dor de cabeça. Desta vez, no entanto, a culpa é do time, que não passou na inspeção de segurança, já que alguns dos cabos de fixação que prendem uma das rodas do carro de Sainz estava defeituoso. Mesmo após os inspetores da FIA terem notado e apontado o problema, a escuderia italiana se recusou a substituir a peça.


Em vez disso, emendou as fibras cortadas com simples nós. Agora, a equipe de Faenza terá que se apresentar aos comissários da federação para explicar por que não consertaram a peça e, em vez disso, tentaram correr com um equipamento que não apresenta as devidas condições de seguranças, mesmo tendo sido notificada. Confira abaixo um comunicado da FIA sobre o ocorrido.
Comunicado FIA STR (Foto: Reprodução)Comunicado FIA STR (Foto: Reprodução)
Comunicado FIA STR (Foto: Reprodução)
"Durante a inspeção inicial, o carro número 55 apresentou defeito em um dos cabos que prende a roda (para que não se solte em caso de acidente). Os inspetores avisaram a STR sobre o problema e pediram para que o time achasse uma solução. O time se recusou a seguir as instruções dos inspetores e, por isso, o delegado técnico foi checar a peça danificada por conta própria, constatando que a peça estava não só danificada, mas com as fibras do cabo emendadas no improviso, com um nó. Assim, sabendo do defeito, a equipe apresentou o seu carro para a inspeção de forma irregular. A tentativa de competir com o carro desta maneira (no GP da Inglaterra) é também uma quebra do artigo 12.1.1.b, do regulamento esportivo da FIA, que diz ser uma ofensa tentar competir com um carro que não está em perfeitas condições"

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog