sexta-feira, 14 de julho de 2017

Mulher escorrega na hora da selfie e causa danos de US$ 200 mil nos EUA


Incidente aconteceu há duas semanas, em Los Angeles, e os danos nas obras destruídas já foram calculados
Reprodução/Youtube
Incidente aconteceu há duas semanas, em Los Angeles, e os danos nas obras destruídas já foram calculados

Conheça aqui a história de uma das selfies mais caras do mundo. Ela começa com um passeio inocente por uma galeria de arte, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Mas termina com uma série de obras destruídas e um grave prejuízo.
A cena, que aconteceu na 14th Factory, foi capturada pela câmera de segurança do local. O vídeo mostra uma mulher se agachando para tirar uma foto ao lado das obras que estavam sendo exibidas, mas, neste momento, um grave acidente aconteceu e obras destruídas caíram em um efeito dominó.
Com o achamento, a visitante da galeria escorregou e acabou derrubando não uma, mas pelos menos onze das colunas que exibiam obras de arte, em uma instalação de 14 mil metros quadrados.
A exibição Hypercaine, que acontecia na Califórnia, é liderada pelo artista Simon Birch, que mora em Hong Kong. Ele contou com obras de outros colaboradores.

Cálculo dos danos

O incidente aconteceu há duas semanas e os danos já foram calculados.

No total, três das 12 esculturas semelhantes a coroas, que foram feitas por uma variedade de materiais diferentes – incluindo metais preciosos, mármore, madeira, nylon e sucata –, tiveram danos irreparáveis.

"Três esculturas foram permanentemente danificadas e outras sofreram graus diferentes de danos. O custo aproximado dos danos é de US$ 200 mil" (aproximadamente R$ 642 mil), disse Gloria Yu, uma das artistas envolvidas na exposição, ao site Hyperallergic .
A 14ª Factory, que não quis divulgar ao jornal americano The Guardian se as peças estavam asseguradas, disse ao site de tecnologia Cnet que não está por trás da divulgação do vídeo do acidente, que já viralizou na internet.
As imagens fora publicadas no Youtube nesta quinta-feira (13) e, ao 12h desta sexta, já tinha sido visualizado por mais de 283 mil usuários da rede social. A gravação também foi transformada em GIF e está rodando o Facebook, o Twitter e o WhatsApp. 
Essa instalação é apenas uma das 14 salas da exposição Hypercaine, que estava em construção pelos últimos seis anos. Originalmente, a exibição estava planejada para ocorrer em Hong Kong. No entanto, os organizadores decidiram mudar a exposição para Los Angeles.  
Com certeza, ninguém imaginava que, nos Estados Unidos, a instalação sofreria tal acidente e teria obras destruídas, causando um prejuízo assustador.

Fonte:iG


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog