quinta-feira, 27 de julho de 2017

Flu volta a vencer a Universidad de Quito, faz 2 a 1 na altitude e avança às oitavas



Dessa vez o fantasma da altitude não assustou o Fluminense. Na noite desta quarta-feira, o Tricolor voltou a vencer a Universidad Católica de Quito, dessa vez por 2 a 1, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Sul-Americana. O adversário sairá do confronto entre Bolívar e LDU. No primeiro jogo, vitória dos bolivianos por 1 a 0. A partida de volta será realizada no dia 2 de agosto.

Dourado comemora o seu gol na vitória por 2 a 1 sobre a Universidad de Quito (Foto: Dolores Ochoa/AP)
Dourado comemora o seu gol na vitória por 2 a 1 sobre a Universidad de Quito (Foto: Dolores Ochoa/AP)
Diante de um adversário fraco tecnicamente, o Flu fechou o confronto em 6 a 1 no agregado - venceu por 4 a 0 no Maracanã. Em Quito, Henrique Dourado e Marlon Freitas garantiram a vitória. O volante se tornou o primeiro jogador com passagem pelo Flu Samorin, a filial tricolor na Eslováquia, a marcar pela equipe profissional.
A atuação do Flu no primeiro tempo foi abaixo da média. O Tricolor sentiu a atitude e alguns jogadores pareciam acomodados com a vantagem de 4 a 0. Sorte que a equipe da Universidade de Quito tropeçava em suas próprias limitações. Mesmo bom a bola e pressionando, os equatorianos erraram muito. Cifuentes até abriu o placar e Prado obrigou Julio César a fazer grande defesa, mas Henrique Dourado empatou antes do intervalo.
O segundo tempo parecia ter o mesmo panorama, mas o gol de Marlon Freitas no início mudou o andamento do jogo. Praticamente eliminada, a Universidad de Quito se lançou desorganizadamente ao ataque e deu espaço ao Flu, que passou a perder gols. Calazans, Renato Chaves e Richarlison desperdiçaram boas chances antes do apito final.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog